Este prémio, atribuído pela indústria de viagens da Irlanda, reconhece a qualidade na prestação de serviços de viagens internacionais para clientes que viajam a partir desse mercado e constitui um selo de garantia concedido pela Associação dos Agentes de Viagens Irlandeses.

O Algarve foi eleito favorito numa lista de nomeados que incluía outros destinos como Espanha e as ilhas Canárias, Grécia, Itália e Orlando.

“Esta é mais uma importante distinção para a nossa região e terá um papel estratégico na consolidação do prestígio e da notoriedade que a marca Algarve tem construído junto do mercado irlandês”, avança João Fernandes, presidente do Turismo do Algarve.

“De recordar que este título de “Melhor Destino de Verão” tem sido entregue a Portugal de forma consecutiva, desde 2017, e, por isso, estamos obviamente orgulhosos por poder contribuir, agora em nome próprio, para dar continuidade a todo este reconhecimento que a Irlanda tem dado ao valor da oferta turística nacional”, conclui o presidente.

Assumindo-se como um dos principais mercados emissores de turistas para a região do Algarve, a Irlanda foi responsável pela estadia de cerca de 245 mil hóspedes e mais de 1.320.000 dormidas no destino, em 2018. No ano passado e até o mês de setembro, estes indicadores registaram um crescimento de 10% no número de hóspedes e de 5,4% no número de dormidas, face ao período homólogo do ano anterior.

Este é o segundo prémio que o Algarve conquista em 2020, num curto espaço de dias. Na semana passada, a região foi também distinguida com o título de “Melhor Destino de Golfe na Europa Continental”, atribuído pelos leitores da conceituada revista britânica Today's Golfer, pelo quarto ano consecutivo.

Foto: Praia Grande de Pêra / Turismo do Algarve

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.