“Estamos a contratar cerca de 250 tripulantes, para assegurar que voamos de acordo com o planeado para o verão”, disse a responsável, na conferência de imprensa sobre os resultados da TAP em 2021, período em que apresentou um prejuízo de quase 1.600 milhões de euros.

De acordo com Ourmières-Widener, os concorrentes europeus estão a tomar as mesmas medidas para o verão, o que torna o processo de recrutamento “desafiante”, sobretudo no que diz respeito a trabalhadores para o ‘call center’ de apoio ao cliente, que a TAP também quer reforçar.

Questionada sobre a falta de pilotos, a CEO disse não ver “quaisquer números que mostrem que são precisos mais pilotos”.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.