Situada no topo de uma colina na pitoresca localidade de Matera, no sul de Itália, fica a pequena vila de Grottole, que com apenas 300 habitantes no seu centro histórico e mais de 600 casas vazias, corre o risco de desaparecer e necessita de apoio.

Para ajudar a dar uma nova vida à vila, a plataforma Airbnb está a ajudar a Wonder Grottole a procurar quatro pessoas para se voluntariarem como anfitriões de Experiências e Casas durante três meses. Vão ser transformados em cidadãos temporários da vila, onde vão aprender a língua italiana, ajudar no cultivo da horta comunitária e aprender a cozinhar pratos italianos, confecionados com os produtos que os próprios vão cultivar.

"Itália é um país extraordinário com uma comunidade rural forte e vibrante, inúmeras vilas no topo de colinas e uma cultura apaixonada e acolhedora. Queremos ajudar a preservar estas comunidades para que continuem para as gerações futuras. Ao inspirar e apoiar outras pessoas para se envolverem e contribuírem efetivamente para a vida da vila, esperamos destacar a beleza da Itália rural”, afirmou Joe Gebbia, co-fundador e Chief Product Officer da plataforma Airbnb, em comunicado.

Os quatro voluntários vão estar imersos na vida da comunidade, começando a sua jornada com um mês de formação antes de se tornarem anfitriões da plataforma Airbnb de Casas e Experiências com a Wonder Grottole.

Como anfitriões, vão receber os hóspedes numa bonita divisão do centro comunitário local ou numa casa tradicional no centro da vila. Em simultâneo, vão também atuar como anfitriões de Experiências de Impacto Social, mostrando aos visitantes técnicas tradicionais como a horticultura, colheita de mel, fabrico de massa e azeite. Todos os produtos destas Experiências vão ser reinvestidos na vila.

airbnb italia
créditos: Airbnb


"O nosso sonho é repovoar o centro histórico. Daqui a dez anos, gostaríamos de ver a vila repleta de pessoas de culturas diferentes perfeitamente integradas na comunidade local", explicou
Silvio Donadio, fundador da Wonder Grottole.

Os voluntários vão aprender com outros anfitriões experientes, onde se inclui Rocco, o apicultor residente que vive na vila há mais de 30 anos. “Chegadas a Grottole vindas de uma grande cidade, as pessoas vão encontrar uma vila antiga, repleta de bosques e pastagens. Encorajamos a que deixem tudo para trás e que se relacionem com o nosso modo de viver”, explica Rocco.

Esta oportunidade está também disponível para residentes em Portugal e que cumpram os seguintes requisitos: maiores de 18 anos, estarem disponíveis para se mudar para Grottole durante três meses, de junho a agosto de 2019, para serem voluntários da ONG Wonder Grottole e apresentar um bom nível de inglês oral.

Se ficou interessado, saiba mais no site www.italiansabbatical.com 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.