Chaves

Cidade encantadora, famosa pelas águas termais curativas e pela sua importância estratégica na fronteira norte de Portugal com Espanha, Chaves — frequentemente descrita como a “chave do reino” — é hoje uma vila pitoresca com um legado medieval que inclui um Castelo fortificado, uma antiga ponte e uma igreja gótica.

Chaves pode facilmente ser explorada numa viagem barata de dois dias. Os seus principais pontos turísticos localizam-se numa área que é simples de percorrer a pé e, nas redondezas, há agradáveis passeios ribeirinhos para fazer, nomeadamente o passeio panorâmico que segue ao longo da Alameda de Trajano.

A Ponte de Trajano, ponte romana do Rio Tâmega; o Castelo de Chaves, as suas muralhas e jardim; o Museu das Termas Romanas; a Praça de Camões — centro histórico de Chaves — onde se erguem a Câmara Municipal e a Igreja gótica de Santa Maria, são algumas das atrações que pode visitar sem gastar um cêntimo.

Chaves
créditos: João Carvalho - https://commons.wikimedia.org/wiki/User:João_Carvalho / CC BY-SA 3.0

Mesmo à saída do extenso complexo termal de Chaves, perto do Jardim do Tabolado, encontra a Fonte do Povo, uma nascente natural com água termal que é servida gratuitamente aos cerca de um milhão de visitantes que anualmente saboreiam as afamadas Caldas de Chaves.

A cidade possui igualmente uma grande variedade de restaurantes e lojas e é a base perfeita para  explorar tanto o extremo norte de Portugal, como a região de Trás-os-Montes.

Considere hospedar-se no Ibis Styles Chaves. Este hotel, com um terraço, vistas para a cidade, decoração e design únicos e pequeno almoço incluído na tarifa, fica a menos de 500 metros das Termas e oferece uma excelente relação qualidade/preço. É a opção ideal para quem tem um orçamento limitado, mas não quer abdicar  do conforto.

Ibis Chaves
créditos: Ibis Styles Chaves
Ibis Chaves
créditos: Ibis Styles Chaves

Faro

Não se engane, Faro não é um destino só para o verão. Tem praia, é certo, mas oferece igualmente  história, cultura, gastronomia de tradição mediterrânea e a Ria Formosa — são muitas as atrações desta cidade do sul de Portugal.

Explore a pé o bonito Centro Histórico. Descubra o Arco da Vila e a Porta Árabe, o Jardim Manuel Bivar e o Largo da Sé gratuitamente; Visite o Museu Municipal / Convento de Nossa Senhora da Assunção (entrada gratuita ao domingo para todos os visitantes, até às 14h30).

Conheça o Parque Natural da Ria Formosa, uma região de zonas húmidas, lagoas e ilhas. É uma área muito rica em vida marinha e pássaros. Aqui pode avistar cegonhas, colhereiros, flamingos e muitos mais.

Faro
créditos: Holly Cook / Unsplash

Escapadelas baratas, muitas vezes, dependem de um planeamento antecipado por isso se tem vontade de visitar Faro, mas não quer gastar muito, opte por ir na época baixa, assim pode beneficiar de melhores preços de alojamento e escapar à multidão de veraneantes que nos meses mais quentes enchem a cidade.

Para ficar dentro do orçamento e poupar na alimentação, escolha restaurantes como o "Alminhas", no centro de Faro, que serve comida tradicional portuguesa e tem bom peixe e frutos do mar a preços muito acessíveis. O "Xic", famoso por servir a melhor francesinha de Faro, é outra boa opção para quem quer gastar pouco, mas comer bem.

Se estiver indeciso quanto ao alojamento, fique no Hotel ibis Faro Algarve. Localizado a 2 km do centro da cidade, este hotel tem fácil acesso à praia de Faro e à Ria Formosa. Os seus quartos são modernos e tem um preço acessível que inclui um variado buffet de pequeno-almoço.

Ibis Faro
créditos: Hotel ibis Faro Algarve
Hotel ibis Faro Algarve
créditos: Hotel ibis Faro Algarve

Lisboa

Uma escapadinha em Lisboa sabe sempre bem, mas pode ficar cara se não tiver cuidado.

Um passeio a pé pelos antigos bairros lisboetas é uma das melhores e mais baratas formas de conhecer a capital, mas os típicos elétricos amarelos que atravessam a cidade também são uma opção económica. A partir de miradouros como o de São Pedro de Alcântara, de Santa Luzia ou da Graça, pode apreciar as melhores vistas e ver o inesquecível pôr do sol de Lisboa.

Para uma perspetiva diferente da cidade apanhe um barco até Cacilhas, no Cais do Sodré, e vá almoçar ao Ponto Final, um restaurante à beira-mar com comida deliciosa, porções generosas e preços acessíveis.

Vale a pena visitar as muitas igrejas de Lisboa. Desde capelas simples com bonitos azulejos como a Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, passando pela histórica Sé Catedral de Lisboa, pela  Basílica da Estrela ou pela extraordinariamente rica Igreja de São Roque, é só entrar e apreciar — todas tem entrada gratuita.

Lisboa
créditos: Tom Byrom / Unsplash

Pondere adquirir o Lisboa Card. Por 21,00€, durante 24 horas tem direito a viagens ilimitadas de metro, autocarro, comboio e elevadores e acesso a 38 atrações, incluindo museus, a Torre de Belém, Mosteiro dos Jerónimos e outros.

Mais coisas divertidas (e gratuitas) para fazer em Lisboa incluem passear pela Feira da Ladra num sábado de manhã ou explorar o LX Factory e a Livraria Ler Devagar.

Uma paragem nos Pastéis de Belém é obrigatória , mas para uma refeição completa, sem esvaziar a bolsa, experimente o "Zé da Mouraria" (restaurante de comida tradicional portuguesa) ou o Time Out Market Lisboa onde encontra, sob o mesmo teto, dezenas de pequenos restaurantes e bares com o melhor da gastronomia lisboeta a preços bem razoáveis.

Quer ouvir fado? Assista aos shows gratuitos no "Povo", um restaurante-bar que revive o conceito de tasca e tem jovens e talentosos fadistas a cantar todas as noites.

Acha que ficar hospedado na capital é muito caro? Não tem necessariamente de ser, se optar por ficar no Ibis Styles Lisboa Centro Marquês de Pombal.

Localizado ao lado do Parque Eduardo VII, este hotel apresenta quartos confortáveis, ​​com uma decoração contemporânea, Wi-Fi gratuito e comodidades de lavandaria, a preços muito simpáticos.

Ibis Styles Lisboa Centro Marquês de Pombal. 
créditos: Ibis Styles Lisboa Centro Marquês de Pombal. 
Ibis Styles Lisboa Centro Marquês de Pombal. 
créditos: Ibis Styles Lisboa Centro Marquês de Pombal. 

Braga

Cidade antiga, com muita história, mas a transbordar de energia jovem, assim é Braga, o destino perfeito para uma escapadela barata de última hora em Portugal.

Muitas atrações da cidade, como o Arco da Porta Nova, a Sé Catedral, o Museu dos Biscaínhos, o Jardim de Santa Bárbara, O Palácio do Raio (também chamado de Casa do Mexicano) ou o magnifico Santuário do Bom Jesus do Monte são de visita gratuita e podem facilmente ser alcançados a pé, não exigindo gastos com transporte.

Braga
créditos: Sonny Vermeer / Pexels

Para comer bem e barato, nesta cidade tem muita escolha, mas se optar pelos restaurantes “O Amor Vive na Cozinha”, "Méze" ou "RetroKitchen", não fica mal servido.

Está preocupado com os custos da estadia? Sossegue, o Hotel Ibis Braga Centro situado numa localização privilegiada junto a monumentos históricos, museus e Parque Natural do Bom Jesus, disponibiliza quartos modernos e confortáveis e acesso gratuito a Wi-Fi, a preços realmente fantásticos.

Este excelente hotel em Braga está situado numa localização privilegiada junto a monumentos históricos, museus e do Parque Natural do Bom Jesus. Os nossos quartos convidam ao descanso, completamente equipados e modernos. O hotel ibis Braga Centro dispõe de serviço de bar e snack 24h, Internet WIFI.

Hotel Ibis Braga Centro
créditos: Hotel Ibis Braga Centro

Procura mais ideias para viagens baratas? Consulte a página on-line dos Hotéis Ibis Accor e vai ver que ali encontra centenas de alojamentos excecionais, em Portugal e no mundo, a preços fantásticos!

Com 2043 unidades hoteleiras disponíveis, não será difícil descobrir uma para a sua próxima escapadinha, férias ou viagem de negócios, e beneficiar de todos os serviços de um hotel moderno por um preço económico.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.