Quer seja um principiante no esqui, ou um daqueles aventureiros que gosta de desbravar para fora da pista, alguém que procura uma experiência cultural ou alguém que anseia por uma estância de luxo com uma vista incrível, mas que ainda acha que esta atividade é dispendiosa, aqui fica uma lista que prova que é possível praticar o seu desporto preferido sem grande despesa.

A Europa de Leste oferece um leque de destinos alternativos onde poderá poupar desde o forfait e aluguer de material às refeições e bebidas, sem desistir de boa neve. Com o inverno a aproximar-se, inspire-se para a sua próxima viagem.

1. Poiana Brasov, Roménia

Poiana Brasov, Roménia
créditos: wikipedia

Considerada como “os Alpes Romenos”, nesta estância poderá aproveitar não só esqui mas também patinagem no gelo ou até um passeio de trenó puxado a cavalos. Após uma remodelação, quase todas as pistas de esqui contam com canhões de neve, tornando Poiana Brasov no local ideal para amantes de esqui desde o outono à primavera. Depois de um dia na neve, recarregue a bateria com um copo do tradicional vinho quente aromático, acompanhado de uns petiscos romenos gulosos.

2. Spindleruv Mlyn, República Checa

Spindleruv Mlyn, República Checa
créditos: wikipedia

Neste parque poderá contar tanto com pistas “child-friendly” como com parques de neve e quilómetros intocados de corta-mato. Quando o dia de esqui terminar, dirija-se à belíssima aldeia de telhadinhos brancos da neve, onde os cheiros a estufados ao lume e crepes acabados de fazer abrem o apetite a qualquer um. A cervejaria Novosad Brewery oferece um tratamento de spa fora do vulgar: mergulhar em cerveja branca. Ficou intrigado? Então experimente.

3. Jahorina, Bósnia

Jahorina, Bósnia
créditos: wikipedia

Jahorina atrai maioritariamente praticantes de downhill, mas as suas pistas arrumadas e imaculadas são convidativas tanto a praticantes experientes como iniciantes. Do topo destes Alpes Dináricos da Bósnia pode-se observar a encantadora vila de chalés tradicionais e os montes cobertos de pinhal. Este destino é uma ótima combinação entre uma escapadela urbana e umas férias na neve.

4. Bialka Tatrzanska, Polónia

Bialka Tatrzanska, Polónia
créditos: wikipedia

A minúscula e pitoresca aldeia de Bialka Tatrzanska oferece uma estância de esqui barata e recatada. As suas pistas ladeadas por árvores são muito “family-friendly” e perfeitas para quem é principiante ou intermédio na arte de esquiar. Para lanchar, aconselha-se o queijo de ovelha fumado e os mirtilos da região acompanhados de um copo de chá com um cheirinho de rum para animar o espírito. Um mergulho nas piscinas exteriores de banhos geotérmicos locais pode ser exactamente o que precisa para aliviar o stress e terminar o dia na perfeição.

5. Jasná, Eslováquia

Jasná, Eslováquia
créditos: wikipedia

Considerada uma das maiores maravilhas debaixo de neve, Jasná tem pistas que atravessam o mato selvagem e os pinhais da reserva natural da Eslováquia. Para os mais aventureiros, o pico de Chopok oferece um “drop” vertical de 1.000 metros e variadas áreas de “freeride”. E para os novatos existem diversas escolas de esqui. O espaço aprés-ski é calmo e oferece cervejas locais e pastéis perogi bem quentinhos.

6. Bansko, Bulgária

Bansko, Bulgária
créditos: wikipedia

Bansko oferece não só boas condições de neve e uma boa caneca de chocolate quente à lareira, como também uma grande aventura aos amantes de esqui. Descer à velocidade máxima pelas clareiras vertiginosas é algo pelo qual todos os afoitos do desporto irão delirar mas, se não se sente tão à vontade assim, não há problema pois existem também pistas mais calmas.

7. Kranjska Gora, Eslovénia

Kranjska Gora, Eslovénia
créditos: pixabay

Sossegada e familiar, esta estância compensa a falta de terreno desafiante com as suas pistas suaves e a sua paisagem deslumbrante. Possui uma pista preta do Campeonato Mundial que tem vindo a testar as estrelas do slalom há mais de 50 anos e, apesar da sua elegância, Kranjska Gora não está disponível apenas a preços premium.

8. Popova Sapka, Macedónia

Popova Sapka, Macedónia
créditos: wikipedia

Bem instalada entre os picos redondos das montanhas Dináricas, Popova Sapka é mais alta do que a maioria das estâncias da Europa do Leste. É perfeita para quem procura um esconderijo secreto e as pistas macias e intocadas valem a viagem – especialmente porque serão praticamente privadas. Se está com vontade de se aventurar ao máximo, Popova Sapka alberga a única operação Snowcat da Europa, o que significa que poderá fazer “freeride” e testar o seu limite.

Sugestões momondo.pt

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.