Num momento em que se recomendam que os portugueses façam férias "cá dentro", surge a plataforma Small Portuguese Hotels, que agrega hotéis independentes de todo o país e pretende ajudar o relançamento da atividade neste setor.

Com mais de 100 hotéis de 3 a 5 estrelas, de norte a sul do país e ilhas, na plataforma da Small Portuguese Hotels o cliente encontra uma variedade de hotéis para qualquer tipo de estadia.

Segundo Pedro Colaço, CEO da Great Hotels of the World, “os Portugueses querem apoiar a economia nacional, viajando cá dentro. Esta plataforma de ‘Hotéis por Portugal’ permite que o façam com toda a segurança e confiança - e com vantagens adicionais únicas. É o consumo sustentável, aplicada ao Turismo”.

Para além da certificação Clean and Safe do Turismo de Portugal, todas as unidades hoteleiras disponíveis na plataforma obedecem a 13 critérios de segurança definidos pela equipa Small Portuguese Hotels, que vão desde a limpeza e higiene aos serviços disponíveis, passando pela oferta na área da restauração. O cliente pode consultar em cada hotel, exatamente as medidas de higiene e segurança que este oferece, bem como a respetiva pontuação.

"Para além de estar ao lado de mais de 100 hotéis independentes portugueses no momento da sua reabertura, a Small Portuguese Hotels pretende apoiar os negócios locais de menor dimensão, que, de um momento para o outro, se viram numa situação bastante fragilizada", reforça o Pedro Colaço.

O cliente faz a sua reserva diretamente com o hotel que escolheu, uma vez que o hotel que é o verdadeiro conhecedor do seu destino (podendo aconselhar os melhores restaurantes, as melhores atividades desportivas ou de lazer). Caso precise de alterar a sua estadia, estando em contacto direto com o hotel, o cliente terá mais facilidade e flexibilidade para o fazer.

Com o objetivo de baixar os custos com as viagens locais, a plataforma oferece um programa Cashback, onde o cliente recebe 5% do valor da sua reserva, após o check-out, para usar em compras online, além de vantagens com marcas portuguesas.

A plataforma compromete-se a doar 1% do valor das reservas obtidas à Rede de Emergência Alimentar, um projeto do Banco Alimentar Contra a Fome.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.