Devido à pandemia de coronavírus, o sector da hotelaria praticamente parou de funcionar, com as companhias aéreas a cancelaram voos e os governos a pedirem aos cidadãos para ficarem em casa. No entanto, este hotel na Suíça parece ter encontrado uma oportunidade, adaptando-se ao momento atual.

A cadeia de hotéis suíça Le Bijou lançou o "Covid-19 Service" - uma estadia com direito a  testes de coronavírus no quarto, consultas médicas e cuidados de enfermagem 24 horas por dia. Além disso, os hóspedes passarão o tempo num espaço luxuoso e sofisticado e terão as refeições preparadas por um chef conceituado.

Além dos funcionários de limpeza, todas as unidades dos hotéis funcionam sem pessoas, incluindo o check-in. Os hóspedes têm uma aplicação e um concierge remoto 24 horas que pode ser usado para pedir refeições, chefs pessoais, compras e muito mais. Atualmente, os quartos são higienizados antes e após a saída dos hóspedes e não durante a estadia. A recolha de lixo é coordenada com os hóspedes e as entregas são deixadas do lado de fora da porta. A unidade hoteleira refere ainda que a equipa de limpeza usa máscaras e luvas.

O "Covid-19 Service" é totalmente adaptável e os tratamentos no quarto podem ser adquiridos à la carte: o teste de coronavírus está disponível por cerca de 460 euros, a visita de um profissional de saúde duas vezes por dia custa 730 euros adicionais e o serviço de enfermagem 24/7 também está disponível por cerca de 4500 euros por dia. Assim sendo, uma estadia de duas semanas pode custar entre 5.500 e 70.500 euros.

Os hóspedes infectados são aconselhados a ficar em casa de acordo com as diretrizes do governo suíço, no entanto, considerando que algumas pessoas apresentam apenas sintomas leves ou são mesmo assintomáticas, não é possível descartar a hipótese de que alguns dos hóspedes possam estar infectados.

Os hóspedes que procuram esta quarentena de luxo são turistas que ficaram retidos na Suíça e moradores locais mais velhos e em risco, que podem não ter ajuda em casa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.