No artigo, da autoria de Inma Moscardó, a ilha de Porto Santo é descrita como "um lugar mimado pela natureza, ideal para os amantes do ecoturismo". Onde se destaca a areia dourada, que é uma das grandes atrações da ilha e também o clima temperado e "com pouca variação térmica ao longo do ano, ao contrário da chuvosa Madeira, que lhe permite desfrutar da praia em qualquer época do ano".  O artigo sublinha ainda que a pequena ilha tem uma das 15 melhores praias da Europa: "Uma praia dourada de 9 km de comprimento com águas quase transparentes que o convidam a mergulhar e aproveitar as ondas ou deitar ao sol e deixar passar o tempo." Em Porto Santo a areia dourada tem propriedades terapêuticas, também mencionadas no artigo.

Os locais a visitar destacados são a Casa Colombo, onde é dada a conhecer a história da ilha, o deserto da Fonte de Areia, o Pico de Ana Ferreira e os vários miradouros, do quais é destacado o Miradouro da Portela, "com os três moinhos de vento característicos" e de onde "verá toda a impressionante costa sul".

A beleza natural da ilha "junta-se à hospitalidade do seu povo e à tranquilidade que se respira em qualquer lugar", fazendo do Porto Santo um lugar mágico, para visitar sem pressas.

No final do artigo, Porto Santo é referido como um paraíso onde recarregar energias: "Para ir, aproveitar, relaxar e voltar de uma viagem ao paraíso como novo."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.