Ela é Geógrafa. Ele é Físico. Estavam juntos a dar uma Volta ao Mundo, com quase 9 meses de viagem, quando a Covid-19 os trouxe de novo para Portugal. Depois de quase 3 meses fechados em casa saíram da quarentena para mostrar o que de mais belo existe no nosso país.

A viagem deste casal podia ter sido como outra qualquer mas a ciência que corre nas suas veias não parou. Como são ambos professores, apanhados numa Licença sem Vencimento num ano atípico como este, decidiram partilhar nos seus canais o património natural e arquitectónico nacional, sempre contextualizando aquilo que existe no país com a Geomorfologia, Climatologia, Etnografia, etc, das regiões.

A viagem já os levou à Serra da Lousã, onde se apaixonaram pelos trilhos de montanha e os seus recantos naturais.

Da Serra da Lousã passaram para a Costa Vicentina, onde procuraram as origens das civilizações piscatórias islâmicas que povoavam a zona da Carrapateira.

O casal passou depois para o Algarve, desde o Barlavento ao Sotavento Algarvio, percorrendo trilhos e percursos pouco prováveis, explorando a geografia da costa algarvia.

Na Ria Formosa exploraram a origem geomorfológica do Lido de Faro, o conjunto de ilhas barreira que protege o sotavento algarvio.

A viagem deste casal seguiu depois para a Serra do Gerês na iniciativa #EuFicoEmPortugal da ABVP, onde estiveram até há poucos dias desbravando trilhos e percursos e explorando a serra granítica do Gerês longe dos parques de estacionamento.

A viagem deste casal não vai parar e nas próximas semanas prometem mostrar-nos muito mais recantos extraordinários da Geografia de Portugal.


Se gosta dos nossos artigos siga-nos no FacebookYoutube ou no Instagram. Gostávamos de ter a sua companhia. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.