Ao longo das imensas planícies, onde os sobreiros são a companhia de quem as atravessa, percorremos a pedalar as terras de além Tejo. E, com vastos quilómetros entre si, lá iam aparecendo as cidades e vilas alentejanas. Sempre no topo de pequenas colinas, mostram hoje as suas casas térreas brancas, calmas e serenas, ao mesmo tempo que ostentam os seus castelos e fortificações que relembram lutas e conquistas de outros tempos.

Partilhamos agora o registo de alguns dos momentos que vivemos no Alentejo.

Se ainda não leste sobre este percurso e as dicas que temos para ti, vê o artigo “Por terras de além Tejo, entre planícies e cidades muralhadas. Seguimos de bicicleta por Portugal”.

Não deixem de seguir o que vamos fazendo dia a dia na nossa página Facebook ou no Instagram.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.