Um dos primeiros filmes famosos realizados no Rio foi Black Orpheus, do diretor francês Marcel Camus. Uma adaptação do mito grego de Orfeu e Eurídice, que relata a história de um homem que desce ao inferno para recuperar a sua amada. Filmado nas favelas do Rio durante as festividades do carnaval, ganhou a Palma de Ouro em Cannes e o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1959. A trilha sonora, com músicas de Tom Jobim e Luis Bonfá, deu a conhecer o estilo musical da Bossa Nova a um público mais amplo.

As favelas brasileiras têm sido palco de reflexões sobre os habitantes mais oprimidos do Rio e suas lutas, particularmente por parte de realizadores brasileiros. Alguns desses filmes alcançaram sucesso internacional, como  Estação Central, que rendeu à atriz brasileira Fernanda Montenegro uma indicação ao Óscar de Melhor Atriz em 1998. O filme conta a amizade entre um jovem e uma mulher de meia-idade usando a Estação Central do Rio de Janeiro como pano de fundo.

Rio de Janeiro, Brasil
créditos: Pixabay

Mais tarde, os realizadores brasileiros concentraram-se na criminalidade que nas últimas décadas tem assolado o Rio de Janeiro. Em 2002, Cidade de Deus foi um êxito internacional, dando a conhecer um novo tipo de cinema brasileiro. O retrato das favelas da cidade durante a segunda metade do século XX é inabalável e inesquecível. Faz uma declaração política forte, denunciando a falta de cuidado com os pobres, que tem dado origem a uma mentalidade criminosa que transformou a cidade num ambiente muito violento. Recebeu quatro indicações para os Óscares, incluindo Melhor Realizador para Fernando Meirelles. Cinco anos depois, o filme Tropa de Elite retratou a luta contra o crime através dos olhos de um agente do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar. Esta trama realizada por José Padilha problematiza as dificuldades de impor a lei e a ordem, num contexto de corrupção generalizada e hipocrisia das classes sociais mais afluentes.O filme foi um sucesso no Brasil e no estrangeiro.

Copacabana Beach, Rio de Janeiro
Aerial view of Copacabana Beach, showing the distinctive wave motif, Rio de Janeiro, Brazil. créditos: ©Stuart Dee

Quando Hollywood precisa de locais atraentes e coloridos para filmar, ou pelo contrário, de lugares aparentemente perigosos e com um ambiente latino, o Rio de Janeiro tem sido, na última década, uma cidade de eleição. Entre alguns dos sucessos de bilheteira filmados na cidade maravilhosa encontram-se The Expendables, Hulk, Crepúsculo - Amanhecer (parte 1) e Fast 5. Como prestigiado agente secreto que é, James Bond chegou em primeiro lugar, em 1979, quando o 007 viajou para o Brasil, lutando contra o bandido Jaws, nos eléctricos que fazem o percurso até ao Corcovado. Nunca o Pão de Açúcar pareceu mais perigoso!

Para descobrir os locais mais cinematográficos da cidade maravilhosa faça o download do JiTT.travel e descarregue o guia do Rio de Janeiro!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.