A modelo Jaylene Cook não tem vergonha de partilhar fotografias do seu corpo, mostrando também que as viagens fazem parte da vida desta neozelandesa, atualmente a viver na Gold Coast, Austrália.

Cook, de 28 anos, foi capa da revista Playboy em 2017 e desde então tem aproveitado para viajar ao lado do seu namorado, o fotógrafo Josh Shaw.

Atualmente com 423 mil seguidores no Instagram, Jaylene chegou mesmo a ser ‘amaldiçoada’ nos comentários desta rede social, depois de a modelo ter publicado uma imagem no topo do Monte Taranaki, na Nova Zelândia, apenas com um gorro, luvas e sapatilhas (fotografia número 23 da galeria abaixo).

Porque é que Jaylene Cook foi amaldiçoada para sempre?

A mensagem que se fazia acompanhar da fotografia era a seguinte: "Esta escalada mudou a minha vida para sempre. Provei o quão longe poderia chegar e estou verdadeiramente orgulhosa da minha conquista. A montanha era íngreme, acidentada, em constante mudança e simplesmente brutal! Posso dizer que nunca mais farei isto [a escalada]”.

Os utilizadores da rede social criticaram-na de ser "insensível", uma vez que se trata de um lugar sagrado.

Jaylene foi mesmo avisada de que estaria amaldiçoada devido a este comportamento. Os residente e académicos maoris classificaram a imagem, que tem quase 32 mil ’gostos’, como "desrespeitosa" e "inadequada".

A polémica continuou nas redes sociais depois de Cook ter dito que "Maoris não são indígenas”, ao qual uma utilizadora respondeu:

“Jaylene, farias uma sessão nua numa igreja ou memorial de guerra? Ou gostas apenas de desrespeitar os locais sagrados indígenas? Espero que estes cinco minutos de fama valham a pena pelas maldições que te vão assombrar para o resto da vida”.

Porque é que o Monte Taranaki é sagrado?

De acordo com a mitologia maori, o Monte Taranaki foi palco de uma derrota numa batalha épica entre duas tribos, que lutavam pelo coração do Monte Pihanga. Esta área foi decretada como sendo o cemitério da tribo perdedora e é vista como ancestral.

Acreditam que subir ao topo do cume é inadequado, principalmente para fins cerimoniais.

Os turistas são aconselhados a não permanecerem muito tempo sobre a pedra do cume, acamparem ou tirar coisas do lugar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.