O que visitar na Irlanda

Numa viagem à Irlanda, o ponto de partida é Dublin, capital do país e uma das cidades mais literárias do mundo. Por aqui, nasceram escritores como James Joyce, Oscar Wilde e Samuel Beckett. É uma cidade que nos apaixona deste o primeiro momento: com uma dimensão pequena e polvilhada de edifícios centenários, é fácil perder-nos e embarcar numa autêntica viagem pela história e pela literatura.

E, mesmo que o frio se possa sentir lá fora, a Irlanda é toda ela calor humano dentro de portas. Os pubs são os pontos de encontro por excelência onde as várias gerações se reúnem e põem a conversa em dia, acompanhados de uma Guinness ou um hot toddy. A música ao vivo não é uma presença incomum, quer seja uma banda folk local, ou um improvisado irlandês que decide mostrar os seus dotes musicais.

Pela cidade, não deixem de entrar na Trinity College, onde se encontra o antiquíssimo Book of Kells, e na catedral de St. Patrick, o patrono do país. A fábrica-museu da Guinness é também um favorito dos visitantes da cidade.

Ao sair da capital, muito mais há a conhecer neste país. Mal colocamos o pé fora de Dublin, a natureza toma-nos de assalto e faz com que nos rendamos à Irlanda. As Wicklow Mountains ficam apenas a uma hora de distância e são um primeiro mergulho nas montanhas. Passando pela estrada Sally Gap, chega-se às ruínas do mosteiro de Glendalough e ao Lough Tay, o lago Guinness.  Para continuar a conhecer este país, é importante rumar a sul, em busca do Rock of Cashel, o local onde o patrono da Irlanda baniu Satanás e converteu o rei de Munster ao catolicismo. Passando por Cork, chegamos ao Parque Nacional de Killarney, onde a beleza dos bosques, dos lagos e dos pântanos nos continua a fascinar. Mesmo ali ao lado, vale a pena percorrer a estrada cénica do Ring of Kerry, fazendo várias paragens nos miradouros ao longo do percurso de quase 200 quilómetros.

Finalmente, uma viagem à Irlanda nunca estaria completa sem a descoberta dos míticos penhascos Cliffs of Moher, que se erguem a mais de 200 metros do nível do mar e provocam a violência do Atlântico contra as rochas.

Onde comer na Irlanda

Se há coisa que os irlandeses sabem fazer é um bom pequeno-almoço. Esta é uma terra de ótima manteiga, pão integral, iogurte e café artesanal (este último uma tendência recente). Portanto, quando acordarem,  façam questão de reforçarem a vossa energia para o dia! Quando por cá, não se esqueçam de provar também black pudding e fish & chips. Deixo-vos alguns bons restaurantes em Dublin:

  • Hatch & Sons Irish Kitchen
  • The Winding Stair
  • The Woollen Mills
  • The Hairy Lemon
  • The Marker

Como ir para a Irlanda

Existem voos diretos para Dublin de Lisboa (Ryanair, TAP, Air Lingus, British Airways) e do Porto (TAP, Ryainair), a preços muito em conta, a partir de 15€. O custo de vida na Irlanda é um pouco mais caro do que Portugal, especialmente em termos de alojamento e alimentação.

As cidades irlandesas estão ligadas por um sistema moderno de transportes públicos: comboios (Irish Rail) e autocarros (por exemplo, a Megabus). Contudo, as zonas mais remotas do país e os parques naturais não dispõem de um sistema de transportes públicos. Para viajar estas regiões, é necessário alugar um carro ou participar numa tour organizada, como é o caso da viagem à Irlanda com a Landescape.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.