No Royal Albert Hall, casa de espetáculos e entretenimento desde a era vitoriana, a temporada do 150º aniversário deve incluir apresentações ao vivo de lendas da música como Patti Smith, Brian Wilson e o compositor David Arnold.

Veja o Royal Albert Hall como nunca o viu:

Um legado histórico

Nomeado em honra ao Príncipe Albert, o Royal Albert Hall foi oficialmente aberto no dia 29 de março de 1871 pelo Príncipe do País de Gales, com a Rainha Victoria ao seu lado. Desde então, o local ganhou a reputação como pano de fundo para momentos icónicos da história cultural britânica, incluindo o festival Great Pop Prom de 1963, que recebeu os Rolling Stones e os Beatles atuando no mesmo espetáculo pela primeira vez, o ano considerado o início da ‘Beatlemania’ na Grã-Bretanha.

Comemorando o aniversário no mundo digital, esta rica história será contada através de um vídeo de 95 segundos narrado por Mick Jagger, chamado de "Your Room Will Be Ready". A obra convida os visitantes a experenciarem algumas das apresentações mais lendárias do local, incluindo performances de Freddie Mercury, Jimi Hendrix e Adele.

Aqueles que querem mergulhar na história do local sem sair de casa, podem escolher qual época querem explorar através da Máquina do Tempo online do Royal Albert Hall, para ter um vislumbre dos eventos inovadores realizados ao longo dos anos.

De forma alternativa, os visitantes podem descobrir mais através do Hall da Fama. Ganhando vida com obras de arte de Peter Blake, a experiência interativa proporciona aos visitantes um gostinho das performances anteriores e dos eventos que estão por vir.

Composições, comédia e coreografia

O aclamado compositor David Arnold irá celebrar a história do Royal Albert Hall com uma partitura especialmente encomendada intitulada "A Circle of Sound". Apresentada no concerto de 150º anos do Hall, esta obra especial de 10 movimentos será tocada pelo National Youth Choir of Great Britain no Tri-borough Music Hub e o conjunto residente de educação e divulgação, a Orquestra do Albert Hall.

Um festival de uma semana, comemorado na última semana de outubro, Journeys, que acontece a 29 de outubro, irá celebrar 150 anos de imigração como parte da temporada de aniversário. Com curadoria do premiado compositor Nitin Sawhney, o festival incluirá painéis de discussão de tópicos, workshops comunitários e um trabalho recém-encomendado executado pelo próprio Sawhney.

Fãs de entretenimento ao vivo podem esperar por uma reunião inspiradora de mulheres, raparigas e pessoas não binárias, com o festival WOW – Women of the World. Agora, na sua décima edição, o WOW contará com a presença de ativistas importantes, comediantes e performers que irão se apresentar no dia 23 de setembro de 2021.

De composições emocionantes a apresentações de danças, Matthew Bourne, um dos coreógrafos contemporâneos mais amados da Grã-Bretanha apresentou "The Car Man" no Royal Albert Hall entre 9 -19 de junho. Reimaginada na América dos anos 1960 e passada numa garagem-café, a peça é uma feroz adaptação de Carmen, do Georges Bizet.

Lendas do Punk e sensações do Soul

A celebração continua com destaques musicais programados para acontecer ao longo do ano. O co-fundador dos Beach Boys e o magnífico compositor Brian Wilson irão apresentar os seus maiores hits no dia 4 de julho, enquanto os eventos anuais Proms irão acontecer nos palcos entre 13 de julho a 8 de setembro.

Patti Smith and Her Band irão trazer a sua poesia-punk ao famoso London Stage nos dias 4 e 5 de outubro, que será a primeira apresentação da artista no Royal Albert Hall. E o cantor de jazz e soul vencedor de um Grammy, Gregory Porter, também se apresentará em noites consecutivas, de 13 a 16 de outubro, quatro anos depois de gravar so eu primeiro álbum ao vivo nas salas sagradas do local.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.