O cenário não podia ser mais bonito: iluminadas pelos primeiros raios de sol, as dunas de areia reluziam como ouro em pó, havia balões de ar quente a subir no céu e uma bonita gazela a espreitar com curiosidade os visitantes que por ali chegavam.

O meu entusiasmo era grande e a vontade de partir "deserto a fora" enorme, mas antes, o guia da Platinum Heritage Safari — o único safari eco-turístico e focado na sustentabilidade disponível no Dubai — ensinou-me a atar na cabeça o “keffiyeh” ou “hatta”,  o tradicional lenço árabe que protege o rosto do sol e das inclementes areias do deserto, e deu-me uma prática (e bonita) garrafa de água, que no fim do safari pude guardar como recordação.

Esta não era a primeira vez que estava no Deserto do Dubai. Anos atrás, fiz um safari noturno por estas paragens e fiquei hipnotizada pelo maravilhoso céu estrelado e pelas performances cativantes das bailarinas de dança do ventre que animaram o jantar beduíno, mas desta vez queria focar mais a minha atenção na vida selvagem do deserto, conhecer as graciosas gazelas, os imponentes oryxs árabes e a tradição milenar da falcoaria — afinal, o falcão é a ave nacional dos Emirados Árabes Unidos e o oryx o animal que os simboliza. 

Assim, depois de uma (muito necessária) chávena de café, o guia convidou-me e ao pequeno grupo de pessoas que me acompanhavam no safari, a sentar e a assistir a uma apresentação interativa de aves de rapina.

Os Emirados Árabes Unidos são o principal centro mundial da falcoaria e o safari da Platinum Heritage proporciona uma das melhores oportunidades para ver de perto e interagir com esta ave de rapina, uma das criaturas mais incríveis do planeta.

Durante a apresentação aprendemos que os falcões são não só os animais mais rápidos do mundo — um falcão peregrino já foi registado a mergulhar a 389 km/h –, mas a sua combinação de extrema velocidade, potência e agilidade torna-os caçadores formidáveis. É por isso que, há milénios, os beduínos da Península Arábica usam falcões para os ajudar a capturar presas. Os falcões são tão importantes para os Emirados, que cada um deles tem até o seu próprio passaporte.

O instrutor começa por fazer uma demonstração das extraordinárias capacidades da ave de rapina e depois chama cada um de nós para interagir com o falcão. Fascinada como sou pela vida animal fico totalmente rendida à sua beleza e imponência. É um verdadeiro privilégio estar tão perto de uma ave assim.

Segue-se a coruja, outra impressionante ave de rapina. Quando o instrutor a direcionou a voar para a minha mão, fiquei feliz como uma criança pequena — foi um momento inesquecível!

Heritage Safari Dubai
The Travellight World créditos: The Travellight World

Depois de conhecermos mais um falcão e de saber mais detalhes sobre o seu comportamento, somos conduzidos até ao acampamento beduíno para tomar o pequeno-almoço.

Água de rosas para lavar as mãos, uma chávena de aromático café arábico e tâmaras doces garantem as boas-vindas. O acampamento é grande, tem muitos tapetes confortáveis onde nos podemos sentar e quartos acolhedores para quem quiser ficar ali hospedado.

O pequeno-almoço é delicioso e enche-nos de forças para a próxima emoção do safari: o passeio de camelo!

Os camelos eram dóceis e adoravam festas. O passeio foi curto, mas divertido.

Heritage Safari Dubai
The Travellight World créditos: The Travellight World

Por fim, seguimos num Vintage Land Rover para a Reserva de Conservação do Deserto do Dubai — uma reserva natural com 225 quilómetros quadrados estabelecida em 2002 para preservar as paisagens originais e proteger a flora e a fauna indígenas do deserto interior do Dubai. Compreende cerca de 5% do território total do Emirado e abriga várias espécies animais como a gazela, o oryx, a raposa vermelha, o gerbo e o porco-espinho etíope.

Não consegui ver todos, mas avistei e fotografei muitos oryxs e algumas gazelas.

Esta parte do safari também é muito enriquecedora porque o guia transmite-nos bastantes dados sobre a vida animal da região e sobre a sua escassa flora local. A certa altura até paramos e caminhamos descalços no deserto para sentir a areia nos pés e aproveitar o silêncio que nos rodeia.

Heritage Safari Dubai
The Travellight World créditos: The Travellight World

Esta é uma das melhores experiências que se pode ter no Dubai (mais inesquecível ainda, se incluírem no pacote um voo de balão!). 

Para mais inspiração e ideias para passeios, férias e fins de semana em Portugal e no mundo, espreitem o The Travellight World e minha página de Instagram

O Travellight World fez o Platinum Heritage Safari a convite do Turismo do Dubai

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.