Localizada no centro da Finlândia, Helsínquia — muitas vezes apelidada de “Filha do Báltico” — é uma capital europeia ainda desconhecida da maioria das pessoas e o lugar ideal para quem procura um destino menos convencional.

Se esse for o seu caso, não espere mais, marque o seu voo na TAP e vá visitar Helsínquia, uma cidade que o vai conquistar!

Veja aqui tudo o que não pode perder.

HELSINKI PÄIVÄ - DIA DE HELSÍNQUIA

O Dia de Helsínquia, celebrado a 12 de junho, para comemorar o aniversário da cidade, é um dos eventos mais importantes da capital finlandesa.

No início da década de 1960 o número de participantes em eventos do Dia de Helsínquia ultrapassou os dez mil e na mesma época, estes  tornaram-se mais divertidos e diversificados, incluindo agora até a eleição do Stadin Kundi ("Homem da cidade") e da Stadin Friidu ("Mulher da cidade”).

Durante esta celebração, a cidade enche-se de pessoas, música e eventos. É uma verdadeira animação!

DISTRITO DE DESIGN DE HELSÍNQUIA

O que começou como uma iniciativa local em 2005, transformou-se hoje numa das mais importantes atrações da cidade.

Abrangendo 25 ruas, o distrito de design de Helsínquia tem pelo menos 200 pontos de interesse, o que justifica o título de "Capital de Design do Mundo" atribuído em 2012.

O Museu do Design está aqui sediado e documenta a arquitetura e o design finlandês dos últimos 150 anos.
Lojas de moda luxuosas, antiquários, galerias de arte e joalharias, restaurantes e hotéis sofisticados também podem ser visitados num passeio a pé pelo distrito.

Obtenha um guia para facilitar a identificação dos pontos mais importantes como a loja Marimekko — que ganhou fama mundial na década de 1950, quando Jackie Kennedy se transformou numa das suas clientes. Com fábricas apenas na Finlândia, esta deu uma contribuição importante para a indústria da moda, melhorando a qualidade dos tecidos e ampliando a paleta de cores usada pelos designers;
E o Restaurante Spis — Escolhido em 2015 como o restaurante do ano pela Associação Gastronómica da Finlândia, conjuga perfeitamente a alta cozinha com o design de interiores escandinavo e um serviço personalizado. Estes elementos fazem dele uma paragem obrigatória para os amantes do design e da gastronomia.

marimekko helsínquia
créditos: Ralf Roletschek

FORTALEZA DE SUOMENLINNA E ILHA SEURASAARI

Originalmente construída como um bastião de defesa do reino Sueco (que na época controlava o território onde hoje se encontra Helsínquia), a interessante Fortaleza Suomenlinna remonta a meados de 1700, mas foi em 1952 que atingiu o seu auge, abrigando um total de 1.649 habitantes.

Atualmente, a fortaleza é uma das principais atrações de Helsinquia e foi declarada Património Mundial pela UNESCO.
Integra vários museus, como o Museu Suomenlinna, o Museu Ehrensvärd, o Museu dos Brinquedos de Suomenlinna e o Museu Militar.

A Ilha Seurasaari, localizada a poucos quilómetros do centro da cidade, também tem um museu a céu aberto que reúne uma coleção de edifícios tipicamente finlandeses, que vão desde antigas oficinas, a fazendas, casas senhoriais e casas do povo.

helsínquia
créditos: The Travellight World

IGREJAS E CATEDRAIS

A Catedral de Helsínquia quecom a sua cúpula de cor verde, se eleva acima da paisagem urbana da cidade, é a principal Catedral do país e foi construída, em meados do século XIX. Chamava-se na altura Catedral de São Nicolau, em homenagem ao czar russo Nicolau I, que também era grão-duque da Finlândia, mas após a independência finlandesa em 1917, tornou-se simplesmente a Catedral de Helsínquia.

A Catedral Uspenski é a maior igreja ortodoxa da Europa Ocidental e a que melhor ilustra o envolvimento secular da Rússia com a Finlândia.

Do lado de fora, as origens da igreja são facilmente identificáveis. Basta olhar para as torres de tijolos vermelhos e para as cúpulas douradas, para perceber de onde veio a inspiração para a sua construção. Preste atenção ao conjunto de pinturas que representam a Virgem Maria e os santos, são belíssimas!

Não deixe de visitar também a Igreja Temppeliaukio, porque seguramente não haverá muitas igrejas no mundo iguais a esta. Temppeliaukio resultou de uma competição de design pós-guerra, vencida pelos irmãos Suomalainen. Inaugurado em 1969, o edifício é parcialmente subterrâneo e foi escavado num leito rochoso, que se transformou nas suas paredes internas.

Ao redor da cúpula central há uma claraboia circular, através da qual, durante o dia, a luz do sol inunda a câmara principal. Vista de longe esta Igreja parece saída de uma série de ficção científica.

helsínquia
créditos: The Travellight World

ESPAÇOS VERDES E PARQUES

Conhecido pelos moradores locais como "Espa", o Esplanadi é um jardim bem no meio da cidade e o lugar onde turistas e residentes de Helsínquia vêm para fazer piqueniques, relaxar e se divertir.

No verão, o espaço em frente ao Café Kappeli — o Palco Espa — apresenta música ao vivo. Em junho, acontece o Marimekko Fashion Show — um evento de moda. e em julho um festival de jazz.

O Parque Sibelius, outro jardim que merece destaque, abriga o monumento mais famoso da cidade — uma escultura dedicada ao compositor finlandês Jean Sibelius.

helsínquia
créditos: The Travellight World

Jardim Botânico da Universidade de Helsínquia ou Jardim Botânico Kaisaniemi é um exuberante oásis colorido que vale a pena conhecer, quanto mais não seja pela sua história. É o jardim científico mais antigo de toda a Finlândia e foi inaugurado pelo botânico Peter Kalm, em Turku no ano de 1678, sendo finalmente transferido, em consequência de um grande incêndio, para os cuidados da Universidade de Helsínquia em 1829.

O jardim é o lar de 800 espécies de plantas no total, e o local perfeito para um passeio à tarde ou para uma fuga ao stress citadino.

O Linnanmäki, outro destaque da cidade, é um parque de diversões que está aberto há mais de 65 anos.

Ao longo deste tempo, doou todos os lucros para a Päivän Säätiö, uma instituição de caridade finlandesa dedicada ao bem-estar da criança.

Bem mais de um milhão de visitantes por ano vêm experimentar as montanhas russas, tentar a sorte nas galerias de jogos ou trazer os seus filhos para assistir a espetáculos de todos os tipos. Entre as grandes atrações de Linnanmäki encontram-se sete que ainda remontam às origens do parque nos anos 1950.

Linnanmäki Helsínquia
créditos: Jyri Moisio

SAUNA, MERCADOS E GASTRONOMIA FINLANDESA

Sauna é uma palavra de origem finlandesa, e há três milhões delas na Finlândia, uma grande quantidade das quais se encontra em Helsínquia.
Esta é uma daquelas atividades que obrigatoriamente tem de experimentar na Finlândia!

As mais conhecidas saunas públicas encontram-se nos distritos de Kotiharju, Merihaka e Hermanni e ainda no novo complexo “Löyly”, no extremo sul da península de Helsínquia.

Se quiser conhecer melhor o dia a dia dos habitantes de Helsínquia, visite o Mercado Municipal, aberto todos os dias, de segunda a sábado, e localizado perto da água em Eteläranta.

O Mercado é um impressionante edifício bizantino, que merece uma paragem, mesmo que não precise de fazer compras.

Se lá for, vai com certeza ficar tentado a trazer algum dos produtos frescos ali vendidos — carne, peixe, frutas, vegetais, bolos e queijos finlandeses.

E já que estamos a falar de comida… faça um tour gastronómico e experimente os melhores pratos tradicionais finlandeses ou então prove, por conta própria, os ingredientes frescos e sazonais à venda nos mercados ou participe num dos muitos eventos populares dedicados à comida. Se tiver possibilidade, desfrute ainda de uma refeição num dos seis restaurantes com estrela Michelin de Helsínquia. Pode escolher entre o Palace, o Olo, o Grön, o Ask, o Demo e o Ora.

helsínquia
créditos: The Travellight World

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.