Com o novo site Remote Tourism, é possível explorar as dramáticas quedas de água do território dinamarquês, as cabanas com telhados de relva e as paisagens intocadas, através dos olhos de um guia local. Isto porque os guias turísticos do arquipélago foram equipados com câmaras com transmissão em direto, o que torna possível ver exatamente o que os guias vêem em tempo real, enquanto o 'gamepad' lhe permite instruir os guias a andar, correr e saltar, como se fosse um jogo de computador.

Os utilizadores controlam o guia de forma alternada, durante um minuto cada um. Enquanto não têm o controlo do guia,  podem simplesmente assistir e ouvir todas as informações sobre o território.

Abrangendo todos os principais pontos de vista e pontos de referência do arquipélago, os passeios serão realizados uma ou duas vezes por dia. Alguns passeios envolvem caminhadas, outros caiaque, passeios a cavalo e até uma rápida viagem de helicóptero pela pequena nação de 18 ilhas.

As Ilhas Faroé têm um histórico de outras iniciativas de turismo atrevidas, como amarrar câmaras às ovelhas e fazer upload das imagens para o "Google Sheep View".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.