Todos os fins de semana e alguns dias durante a semana, é possível encontrar encontrar o golden retriever, o presidente Max II (formalmente conhecido como Maximus Mighty-Dog Mueller, II) no banco de trás do carro, vestido a rigor, com uma gravata e às vezes um chapéu, enquanto passeia pela cidade e ladra para os seus eleitores. Phyllis Mueller é a companheira humana - ou dona - de Max, mas atende o telefone com a saudação "Escritório do presidente" e denomina-se chefe de gabinete.

Quando a cidade organizou um evento de arrecadação de fundos, os residentes locais podiam candidatar os animais de estimação a presidentes da câmara e quem quisesse votar, pagaria um dólar. Todo o dinheiro conseguido foi doado ao Idyllwild Animal Rescue Friends, um projeto de resgate de animais sem fins lucrativos. Phyllis Mueller e o marido inscreveram o seu cão, Max (Maximus Mighty-Dog Mueller) que venceu as eleições tornando-se o presidente. No entanto, no meio do segundo mandato, Max faleceu de velhice. Após a morte de Max, Phyllis procurou pela sua linhagem, até que encontrou três descendentes: Max II e Mitzi e Mikey. Max II assumiu o cargo quando tinha menos de dois meses de idade e  Mitzi e Mikey tornaram-se vice-presidente.

Max tornou-se numa celebridade nos EUA, devido aos seus truques e conquistou o coração dos habitantes. Qualquer visitante da cidade pode solicitar uma reunião com Max II através de seu site.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.