Os fãs da trilogia de filmes O Senhor dos Anéis sonham com uma viagem às paisagens selvagens da Austrália desde a primeira vez em que assistiram ao filme A Irmandade do Anel. Com as fronteiras da Nova Zelândia fechadas para visitantes internacionais, há uma solução já aqui ao lado que vai fazer com que se sintam em plena Terra Média.

Nas montanhas da Sierra Norte, perto de Madrid, o El Camino del Anillo é um trilho circular com 122 quilómetros de extensão, dividido em oito secções e que pode ser percorrido ao longo de uma semana e é uma alternativa ao Caminho de Santiago, sendo descrito como uma "peregrinação Tolkeana".

O trilho serpenteia por paisagens misteriosas com picos irregulares e florestas antigas destinadas a evocar as cenas fantásticas dos livros e filmes de O Senhor dos Anéis. Além de celebrar a paisagem natural de tirar o fôlego do centro da Espanha, El Camino del Anillo foi criado para reiniciar o turismo numa parte despovoada do país, com os caminhantes incentivados a ficar em hotéis e alojamentos administrados localmente. Um acampamento na vila de Montejo de la Sierra organizou uma exposição com tema de Tolkien para marcar a abertura do trilho.

El Camino del Anillo é um projeto que começou a ser planeado há cinco anos e foi desenvolvido pela Fundação Laudato Si, uma instituição de caridade com ligação ao Arcebispo de Madrid, mas caminhantes de todos os tipos - crentes e não crentes - são bem-vindos.

Os caminhantes podem percorrer o caminho de forma independente, mas são incentivados a entrar em contacto com a fundação El Camino del Anillo para garantir acomodações, algumas das quais em abrigos da igreja. A organização oferece acomodações, guias e palestras sobre Tolkien e observação de estrelas, além da opção de completar parte do percurso de canoa, pelo valor de 275 € para a aventura de uma semana.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.