O Reino do Butão ficou conhecido por medir o índice de felicidade dos seus cidadãos, algo que considera mais importante do que o Produto Interno Bruto (PIB). Nos últimos anos, o Butão tem sido alvo de destaque pelo exemplo que tem dado ao resto do mundo no que toca à sustentabilidade. E o turismo faz parte da estratégia.

Evitar a massificação do turismo foi sempre uma política do governo que, através de várias imposições, consegue limitar o número de visitantes ao país. Assim, este será um bom destino a ter em conta para marcar uma viagem, se o que desejar for encontrar lugares imaculados, entre montanhas, vales, rios e mosteiros, sendo recebido por um povo hospitaleiro.

Se ficou com vontade de conhecer mais sobre este destino, percorra a galeria de fotos e descubra.

Com a pandemia de COVID-19, o país permanece fechado ao turismo desde março, só começou a realizar voos para Índia e Tailândia em outubro. Foram registados 378 casos de COVID-19 no país que não contou com nenhum óbito.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.