Há muito que as pinturas e fotografias inspiram a criação músicas e até musicais e foram vários os cantores e compositores que alcançaram a fama com canções inspiradas em obras de arte. Em 1950, Nat King Cole apresentou a música Mona Lisa, composta por Ray Evans e Jay Livingston, para o filme Captain Carey, EUA, que também venceu o Óscar de melhor música original naquele mesmo ano.

Durante o outono de 1971, o cantor e compositor Don McLean estava sentado na sua varanda, enquanto olhava para uma imagem da obra A Noite Estrelada de Vincent van Gogh, quando a inspiração surgiu, e começou a tocar guitarra. "Ao olhar para a imagem, percebi que a essência da vida do artista é a sua arte. E então, deixei a pintura escrever a música para mim", recordou o compositor, citado pelo MoMA. Ele intitulou a música de "Vincent" em homenagem ao pintor.

Stephen Sondheim e James Lapine foram mais longe e escreveram um musical inteiro, chamado Sunday in the Park with George (Domingo no parque com George) inspirado na pintura de Georges Seurat, Uma Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte.

O Museu de Arte Moderna de Nova Iorque, mais conhecido como MoMA, reuniu músicas sobre arte numa playlist para animar os dias de isolamento social. A playlist Art Tunes contém  22 músicas, que podem ser ouvidas ao longo de quase 1h30.

Art Tunes

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.