Xi'an, uma das cidades mais antigas da China e outrora uma cidade imperial durante os períodos das dinastias Sui e Tang há 1.300 anos, lançou o projeto “Flower City” para construir um sistema de ruas, jardins e caminhos com flores, bem como galerias e campos de flores para oferecer uma bela experiência, não só aos turistas como aos moradores.

Com um total de 15.220 quilómetros de vias verdes planeados, o projeto adicionará jardins que cobrem mais de 6 milhões de metros quadrados e vias verdes de mais de 500 quilómetros, num total de 50 ruas floridas. Os principais projetos de construção incluem 6 parques temáticos, 2 parques históricos e dezenas de jardins públicos até 2019.

De acordo com Li Pingwei, diretor do Departamento de Gestão Urbana e Aplicação da Lei de Xi'an, os projetos visam não apenas moldar uma cidade verde melhorando significativamente a área de flores e plantas, mas também reproduzir o encanto da apreciação de flores nos tempos antigos, em que turistas e cidadãos podem desfrutar de uma temporada de flores durante todo o ano na cidade.

Xi´an
créditos: Pixabay

"Este é um projeto chave para Xi'an em 2019 e estamos ansiosos por entregá-lo através de projetos de infraestrutura e decoração. Xi'an foi o ponto de partida da famosa Rota da Seda. Séculos atrás, era uma das maiores cidades do mundo, onde milhares de comerciantes nacionais e internacionais reuniam-se nesta terra promissora cheia de verde e fortuna", afirmou Li Pingwei em comunicado. E acrescenta: "Gostaríamos de recriar o ecossistema desses tempos para os hóspedes do mundo inteiro para que eles próprios possam encontrar uma combinação da história e elementos modernos na cidade”.

Com uma localização central na zona antiga e expandido para a parte nova da cidade, o projeto vai cobrir áreas funcionais e de lazer, rodovias e estradas em redor de hotéis e parques, envolvendo comunidades locais e enquadrando uma cidade aberta e diversificada com múltiplos ecossistemas. Através deste projeto, Xi´an irá transformar-se numa cidade colorida, onde avenidas, parques e caminhos serão definidos pelas cores, tamanhos e cheiros das flores, formando paisagens distintas.

xian china
créditos: Pixabay

Além disso, as indústrias “verdes” vão ser também envolvidas no projeto, incluindo a introdução de uma indústria de flores na cidade.

No final do projeto, será oferecido aos turistas e cidadãos mapas de visualização das flores para que possam planear as suas visitas da melhor forma.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.