Brian A. Machtemes, 54 anos, piloto da Sun Country Airlines, com sede em Twin Cities, foi preso, na noite de sexta-feira, no Aeroporto Internacional do Sudoeste da Flórida, sob a acusação de porte não autorizado de arma, de acordo com a NBC 5 Minneapolis,

De acordo com um relatório policial fornecido ao Business Insider pelo escritório da Autoridade Portuária do Condado de Lee, associado ao Aeroporto Internacional do Sudoeste da Flórida, a arma foi detectada numa mala enquanto era examinada por um operador de raio X da TSA.

De acordo com o relatório da polícia, o agente Jacob Brunick foi chamado para o posto de controle da TSA e confirmou que a mala pertencia a Machtemes, não tendo saído da sua posse desde que foi empacotada. Quando Brunick revistou a mala encontrou uma pistola de calibre 380, carregada com seis balas.

Machtemes forneceu uma licença válida para transportar uma arma em Minnesota, mas "o estado da Flórida não reconhece uma autorização de transporte do Minnesota", diz o relatório policial. Segundo o relatório, Machtemes optou por não responder a quaisquer outras perguntas sem o seu advogado presente. O Minnesota Star Tribune relata que a Machtemes pagou fiança e foi libertado menos de duas horas. Uma audiência foi marcada para 26 de novembro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.