O homem, supostamente um turista de 47 anos natural da Índia, estaria a fazer uma visita ao Coliseu, na segunda-feira, quando retirou um pedaço de tijolo de uma das paredes. O homem foi surpreendido por um funcionário do serviço de supervisão do Parque Arqueológico depois de esconder o pedaço da construção no bolso.

A polícia acabou por recuperar o fragmento que foi devolvido aos funcionários do Coliseu. O homem enfrenta, agora, uma denúncia por "posse abusiva de bens arqueológicos e danos agravados", conforme relatado pela Fox News. No entanto, não se encontra detido.

No ano passado, uma turista francesa de 45 anos foi acusada de “danos agravados num prédio de interesse histórico e artístico” depois de escrever “Sabrina 2017” num dos pilares do Coliseu. Em 2015, duas mulheres americanas também foram apanhadas a escrever as iniciais numa parede do Coliseu com uma moeda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.