A "Seoullo 7017" tem 1.024 metros de comprimento e desde a sua inauguração em maio deste ano mais de 5 milhões de pessoas já a utilizaram, entre locais e turistas.

O número "7017" deriva da combinação do ano de "1970", altura em que o viaduto foi construído, com o de 2017, ano em que renasceu como percurso pedestre. O número também se refere às 17 vias ligadas entre si, bem como à sua altura, que é de 17 metros.

A área da Estação de Seul, onde se encontra a Seoullo, é um importante portão de entrada e saída de Seul, onde transitam uma média de 390.000 pessoas por dia, entre trabalhadores e viajantes.

"Seoullo 7017" créditos: Ossip van Duivenbode

Sem uso há algum tempo, em vez de demolir o viaduto, a cidade resolveu reaproveitá-lo tornando-o num percurso pedestre.

O arquiteto que projetou a Seoullo, Winy Maas, afirmou em comunicado: "Este projeto é frequentemente comparado com a Highline de Nova York, mas é diferente em vários aspetos, como o tamanho, a altura e o seu contexto. Penso que o de Seul é mais interessante".

"O projeto da Seoullo é uma tentativa de revitalizar a área subdesenvolvida do centro da cidade e seus arredores", disse o presidente de câmara Park Won-Soon.

"Seoullo 7017" créditos: Ossip van Duivenbode

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.