Entre os objetos há cerâmicas em formato de animais e vasos que pertenceram a diferentes culturas que se estabeleceram na atual capital peruana, segundo o Ministério da Cultura.

"Estes objetos constituem um testemunho da ocupação contínua da área onde agora se situa o aeroporto, ao longo do tempo, por diferentes sociedades, como Lima, Ychsma e Inca, que se desenvolveram nessa área", informou o ministério.

As peças foram encontradas recentemente em escavações para a "ampliação do terminal aéreo de Lima e possuem valor e importância histórica, tecnológica, estética e social", assinalou a pasta. “O valor tecnológico dos bens pré-hispânicos está no uso de técnicas de manufatura e cocção, no caso da cerâmica, próprias da Costa Central.”

A concessionária Lima Airport Partners constrói um novo terminal de passageiros - que se somará ao atual -, como parte da ampliação do aeroporto Jorge Chávez, localizado na zona norte da capital. As obras devem ser concluídas em 2025.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.