A empresa Compare The Market analisou os dados do Google Trends, que revelam a popularidade das pesquisas ao longo do tempo, para auferir como alguns dos destinos mais populares do mundo cresceram e caíram em popularidade na última década (entre 2008 e 2018).

Uma das grandes conclusões desta análise é que os viajantes procuram cada vez mais lugares mais distantes, que talvez não tivessem considerado anos antes, como o Sudoeste Asiático, Índia e Médio Oriente. Por outro lado, França e Espanha revelaram um declínio de interesse, apesar de ainda constarem entre os destinos mais populares do mundo, de acordo com o estudo.

A pesquisa demonstrou que quando se trata de cidades, Budapeste (Hungria) ficou no topo das preferências, com um aumento na procura de 87,20% que está em linha com os números de turismo nesta cidade, que subiram 39,58%, segundo o Euromonitor.

Desde o fim da Guerra Fria que Budapeste tem vindo a suscitar um maior interesse por parte dos viajantes, com um crescimento particular na última década que pode dever-se a fatores como a existência de mais voos diretos, o esforço do governo local para impulsionar o turismo e, também, pelo facto de Budapeste ser considerada uma das cidades mais baratas na Europa para visitar.

Em termos de países, as Filipinas suscitaram o maior aumento de interesse em pesquisas em dez anos, com 170,45%. Enquanto os anos 90 viram muitos evitar o país devido a questões políticas, as Filipinas recuperaram no início de 2010, com o número de visitantes a duplicar na última década.

filipinas
Filipinas créditos: Pixabay

Por outro lado, o turismo para o Egito diminuiu drasticamente nos últimos dez anos, e também foi o país com o maior declínio na última década, com 84,8%.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.