Conhecida como a "Route 66 portuguesa", a Estrada Nacional 2, que começa em Chaves e termina em Faro, tornou-se numa rota turística nacional e internacional.

Atravessa 32 municípios, passa pelo interior de povoações e liga paisagens tão diferentes como as vinhas do Douro, as planícies do Alentejo ou as praias do sul de Portugal. Uma viagem por esta estrada é também uma viagem pelo país.

A Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2 lança agora o "Passaporte EN2", com um custo de 1 euro, e que já se encontra à venda em São Brás de Alportel.

Esta ação tem como objetivo incentivar turistas nacionais e estrangeiros a percorrer esta estrada, considerada como a mais longa da Europa e a terceira mais extensa do mundo (a seguir à Route 66 dos Estados Unidos e à Rota 40 da Argentina).

Com este passaporte, os turistas podem receber carimbos referentes aos locais por onde vão passando ao longo da rota, aproveitando todo o potencial paisagístico e patrimonial que o percurso tem para oferecer.

Para ajudar os visitantes, foi lançado recentemente pela editora Foge Comigo um guia extensivo sobre a Estrada Nacional 2, com cerca de 500 páginas.

No guia, a Estrada Nacional 2 é dividida em 20 etapas, com cada etapa a obedecer "a uma unidade de paisagem" e cinco delas a cidades - Chaves, Viseu, Lamego, Vila Real e Faro -, "que qualquer uma delas justifica muito tempo de paragem", disse à agência Lusa o responsável pela editora, Armando Carvalho, aquando do lançamento do guia .

Está também presente no guia uma agenda de eventos culturais e tradicionais que decorrem nos 35 concelhos abrangidos, que vão do "arrastão da grande pedra, em agosto, em Vila Pouca de Aguiar", ao jogo do panelo com a louça de Bisalhães ou a Romaria a Cavalo, que atravessa Viana do Alentejo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.