A companhia aérea indiana IndiGo criou nos seus aviões as chamadas "zonas de tranquilidade" (ou child free), onde crianças não são permitidas. Estas zonas referem-se às filas de 1 a 4 e da 11 à 14. Nestes lugares, menores de 12 anos não se podem sentar.

Em comunicado, a companhia explicou que esta medida tem como objetivo proporcionar comodidade e conveniência a todos os passageiros, especialmente aos que viajam em trabalho.

Apesar da justificação, esta medida não agradou a todos. Gerou polémica nas redes sociais e dividiu opiniões. Há quem considere positiva a medida, principalmente os que não têm filhos e que salientaram que até estariam dispostos a pagar um extra para ficarem num lugar longe de crianças mais barulhentas. Mas há quem considere esta decisão como um ato discriminatório.

A criação de zonas de tranquilidade parece ser uma tendência nas companhias aéreas asiáticas. A Malaysia Airlines é outra das companhias que também implementou algumas restrições a crianças e bebés. Por exemplo, estes últimos não podem viajar em primeira classe e existe uma zona na classe económica onde não são permitidas crianças.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.