"Vida noturna pode ultrapassar a de Madrid"
"Se acha que em Madrid se sai à noite até tarde, tente uma saída em Lisboa." A cadeia de televisão americana refere que apesar ter menos clubes apinhados de gente, a vida noturna tem um flow que dura até o sol nascer. Bairro Alto, Cais do Sodré, Pensão Amor e a Discoteca Luz, "o rei dos superclubes", são pontos de paragem recomendados.

"Cozinha experimental"
Sem esquecer a tradição do peixe, a cozinha na capital é "moderna, sofisticada e barata". Os americanos renderam-se aos restaurantes do Chef José Avillez, às bifanas e ao pastel de nata.

"Ironia"
"Se pensa que um Lisboeta se gaba dos seus feitos - primeiro império marítimo, melhor pastel de nata - esqueça". "São extremamente bons no uso da ironia", escreve o jornal que cita Fernando Pessoa: "Tinha-me levantado cedo e tardava em preparar-me para existir". A melancolia, ressurgida em tempos de austeridade, tem ajudado a que os lisboetas se mantenham felizes e bem-humorados, acrescenta o artigo.

"Praias e castelos"
Banhada pelo Atlântico, a capital é a perfeita para apanhar ondas e banhos de sol, em particular nas zonas de Estoril e Cascais. Por outro lado, Sintra revela os "séculos de opulência aristocrática" em "inusitados palácios e mansões".

"Design fabuloso"
O design contemporâneo é uma característica evidente da cidade. Desde os materiais aos edifícios interiores, a CNN destaca a mistura do vintage com o contemporâneo. A visita ao MUDE, o "mutante museu da moda e do design".

"Arte"
Em sítios como a Fundação Gulbenkian, o Museu Berardo, o Museu de Arte Antiga ou o Museu do Oriente os habitantes têm acesso a coleções raras ao nível das grandes cidades europeias.

"Ruas fascinantes"
A calçada portuguesa, "motivo de orgulho", e uma "obsessão" por azulejos fazem da cidade um lugar onde "nunca se fica aborrecido".

Veja mais:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.