Construída em 2008 com a ajuda de fundos comunitários, esta pequena ponte de madeira, com cerca de 6 metros de comprimento, encontra-se sobre a ribeira de Abrilongo e estabelece a fronteira entre Portugal e Espanha, ligando as povoações de El Marco, em La Codosera, do lado espanhol, e Várzea Grande, freguesia de Esperança, em Portugal.

Devido ao seu tamanho e infraestrutura, só é transitável por pedestres ou veículos de duas rodas.

De acordo com Eduardo González, que escreveu um artigo sobre a ponte para o jornal "O Diplomata", em Espanha, nos tempos em que a União Europeia tinha uma dimensão muito menor, pequenos contrabandistas costumavam atravessar a ponte, enquanto os guardas de ambas as regiões olhavam para o lado. O autor acrescenta, ainda, que a ponte era um local privilegiado para comerciantes venderem os seus produtos. Do lado português eram vendidos café e toalhas, e, do lado espanhol, talheres, vinho e facas. A chegada do acordo Schengen em 1995 acabou com este pequeno comércio.

Em declarações à Rádio Portalegre, o presidente da Junta de Freguesia da Esperança, Diamantino Ribeiro, contou "que antes da construção da pequena ponte, a ligação entre a povoação de El Marco e Várzea Grande era efetuada através de um “pontão improvisado” que quando chovia muito era arrastado pelas águas da ribeira do Abrilongo".

Há uma outra ponte internacional que também é denominada como a mais pequena do mundo, que liga os Estados Unidos ao Canadá, na Ilha Zavikon. No entanto, acredita-se que esta atribuição esteja errada, pois a que liga Espanha a Portugal terá menos cerca de 4 metros do que a de Zavikon.

ilha Zavikon
créditos: @Malcolm Clark/Wikipedia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.