"Eles não perdem de vista as suas raízes. São capazes de elevar esta culinária caseira e terra-a-terra com ótimas técnicas e produtos. Os inspetores adoraram o que os 'chefs' estão a fazer, por isso esta foi uma estrela excitante para nós", disse o diretor internacional do Guia Michelin, Michael Ellis.

No Facebook, os ‘chefs’ manifestaram-se "humildes e honrados" com a distinção.

"Estamos muito orgulhosos por os nossos esforços para divulgar uma cozinha portuguesa autêntica estarem a ser reconhecidos. Estamos muito agradecidos às nossas famílias, amigos, funcionários e clientes que tornaram possível o Adega receber esta grande honra", escreveram os ‘chefs’.

Jéssica Carreira e David Costa deixaram Lisboa na primavera de 2015 para abrir este restaurante, no centro da comunidade portuguesa de São José, há menos de um ano.

O Adega ocupa o espaço do Sousa's, um histórico restaurante português que esteve aberto 33 anos neste bairro de São José, conhecido como Little Portugal.

"Estava convencida, e continuo a estar, de que esta é a melhor altura para investir. A verdade é que quase não existem restaurantes portugueses na Califórnia", disse Jéssica Carreira à Lusa, na altura da inauguração.

Além da proximidade à comunidade portuguesa, o novo restaurante fica a minutos de Sillicon Valley e das suas empresas tecnológicas.

"A localização é ideal. Queremos chegar aos americanos. Portugal está na moda", disse Jéssica Carreira.

O nome, explica à ‘chef’, nasceu da necessidade de ter um nome que os americanos conseguissem dizer.

Jéssica cresceu em São José e, depois de estudar culinária no Cordon Bleu College of Culinary Arts, decidiu que queria ir para Lisboa aprender sobre culinária portuguesa.

Acabou por estagiar no restaurante lisboeta Alma, de Henrique Sá Pessoa, no DOP, no Porto, do ‘chef’ Rui Paula, e foi depois para o Assinatura, de Henrique Mouro, onde conheceu David Costa.

Quando o casal se conheceu, David já tinha estudado na Escola Superior de Hotelaria e Turismo de Lisboa e trabalhado três anos no Eleven, de Joachim Koerper. Passou depois no Hotel Ritz e no Kook Chiado, enquanto a namorada se tornou chefe de pastelaria do Eleven com apenas 20 anos.

"Queremos servir pratos autenticamente portugueses, mas com uma apresentação moderna. Queremos oferecer a experiência do que é comer hoje num restaurante de qualidade em Lisboa, com o mesmo tipo de serviço, os mesmos ingredientes", explicou David Costa à Lusa.

Um arquiteto português que vive em São Francisco, António Martins, desenhou o espaço e os pais de Jéssica, Carlos e Fernanda Carreira, que trabalham em importação de vinhos, ficaram encarregues da carta, que conta com mais de 200 vinhos portugueses.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.