Definida pela linha costeira do Pacífico e rodeada por vários parques nacionais, Sydney combina sedutoramente a natureza e o cosmopolitismo. No Natal, as temperaturas mantêm-se perto dos 25ºC e as praias estão carregadas de banhistas com barretes de Pai Natal. Na noite de Ano Novo vá até ao porto, onde cerca de 3 milhões de pessoas se juntam para assistir aos fogos de artifício, com vista para a silhueta da sua ponte icónica.

Acorde cedo, calce uns ténis e siga 6km, por um trilho espectacular, através de uma falésia, desde as praias de Coogee até Bondi. Pode ser que fique cercado de joggers glamourosos, mas siga devagar e descubra o Cemitério de Waverley, um dos mais antigos e mais interessantes da Austrália.

Praia de Bondi
Praia de Bondi créditos: Food and Travel Portugal

Junte-se aos surfistas numa das várias esplanadas da praia de Bronte, para beber um café e tomar um pequeno-almoço reforçado. Depois siga até à Praia de Bondi, onde pode nadar no mar ou na piscina de água salgada do Clube Icebergs.

Para uma vista ao porto mais tranquila, dirija-se até aos Jardins Botânicos Reais, uma pacífica mancha de verde no distrito comercial central. A uma curta distância daqui vai encontrar a Casa da Ópera de Sydney, criação do arquiteto dinamarquês, Jørn Utzoei e um dos símbolos da Sydney moderna. Em dezembro, assista a alguns dos clássicos australianos em época natalícia, o Coppelia, do The Australian Ballet e os Carols In The Domain, o maior concerto de canções de Natal na Austrália.

Apanhe o barco do movimentado Circular Quay até Manly Beach ou alugue caiaques do Point Pipier Kayak Centre e desfrute da paisagem sob a inimitável Ponte da Baía de Sydney.

Passagem de ano na Baía de Sydney
Passagem de ano na Baía de Sydney créditos: Pixabay

ONDE FICAR?

Para uma cidade onde o sol brilha 236 dias por ano, Sydney tem uma escassez surpreendente de piscinas em terraços, o que faz com que a do The Old Clare Hotel se torne ainda mais apetecível. Beba uma cerveja artesanal enquanto admira o pôr do sol e depois jante no Kensington Street Social, antes de ir descansar num dos quartos elegantes de estilo industrial. Adoramos hotéis criados com inteligência e perspicácia e o QT Hotel exibe ambos. Situado nos antigos edifícios Gowings e State Theatre, o seu design interior combina influências góticas com art déco obtendo resultados fantásticos e peculiares. Foi seduzido pela praia, peles bronzeadas e estilo de vida local? O Dive Hotel é um refúgio descontraído com vista para as praias de areia ocre de Coogee. Com apenas 16 quartos, parece mais uma guesthouse do que um hotel: o jardim ensolarado e os pacatos anfitriões só reforçam essa comparação.

ONDE COMER E BEBER?

No Tetsuya’s vai encontrar um menu excelente com sabores australianos e japoneses. O proprietário, Tetsuya Wakuda é o primeiro chef aqui estabelecido que é internacionalmente reconhecido como Master of Cuisine pelo governo japonês. O seu restaurante possui três chapéus, o prémio equivalente às estrelas Michelin na Austrália. Há um menu que muda todos os dias e pratos como o caranguejo com rabanete preto e yuzu. O grupo de restaurantes Merivale especializa-se em espaços modernos que servem comida de alta qualidade. Para comer carne assada suculenta acompanhada por cocktails elegantes, vá até ao The Paddington e não perca o bife Wagyu e o dim sum de trufa no Mr. Wong’s. Se está à procura de um brunch de domingo tardio e de um frappé delicioso de melancia e lima, dirija-se ao Bill’s, em Bondi onde também se pode cruzar com australianos de cabelo salgado, acabados de sair da praia.

Marisco
Marisco no Millhouse Cafe créditos: Food and Travel Portugal

Artigo originalmente publicado na revista Food and Travel Portugal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.