Vai ser inaugurado em 2019 mas já começa a ser notícia. Projetado pelo escritório de Zaha Hadid, o novo aeroporto da capital chinesa vai colmatar a necessidade crescente do país de mais infraestruturas aeroportuárias, bem como afirmar a aviação comercial chinesa.

O aeroporto vai ter capacidade para receber, numa primeira fase, 72 milhões de passageiros por ano. O objetivo final é ter a capacidade para 100 milhões de passageiros por ano.

Vai ser a nova base das companhias aéreas China Southern Airlines e China Eastern Airlines, o que vai facilitar os voos de conexão e melhorar a qualidade das viagens para os passageiros.

Novo aeroporto de Pequim
créditos: Zaha Hadid Architects

O local da construção já é servido por uma linha de comboios de alta velocidade, uma grande mais-valia para a rapidez nos acessos ao aeroporto.

Além de ser uma infraestrutura enorme, o design do aeroporto também dá nas vistas. Com muitos jardins pelo meio e uma disposição de edifícios que vai separar passageiros de voos domésticos e internacionais. A ideia é ser uma construção compacta que permita reduzir os tempos de deslocação entre as viagens.

“Uma simetria com formas interconectadas, que criam uma composição fluída, invocando a harmonia e o equilíbrio das paisagens chinesas, enquanto as cores e os materiais expressam elementos tradicionais da cultura chinesa”, de acordo com o projeto de Zaha Hadid.

Novo aeroporto de Pequim
créditos: Zaha Hadid Architects

O atual Aeroporto Internacional de Pequim é já considerado o segundo mais movimentado do mundo, tendo recebido 94 milhões de passageiros em 2016. Em primeiro lugar está o Hartsfield-Jackson Atlanta International Airport, nos Estados Unidos, que recebeu 104 milhões de passageiros no ano passado, de acordo com o Airport Council International.

Agora, resta saber se, além de maior do mundo, o próximo aeroporto de Pequim vai conseguir afirmar-se também como o melhor do mundo. É esperar para ver…

Veja ainda: China. Dez obras megalómanas que vão deixá-lo de olhos em bico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.