Segundo constatou a agência Lusa no local, há turistas com malas que estavam a dirigir-se para o acesso da rotunda à Segunda Circular para tentarem arranjar um carro da Uber ou um táxi que não tenha aderido ao protesto dos taxistas, que decorre hoje em Lisboa.

Há grupos de turistas que estão a ser deixados em plena Segunda Circular, junto da zona de chegadas do aeroporto, por veículos descaracterizados, supostamente ao serviço da Uber.

Os taxistas a pé tentam impedir o trabalho dos veículos de transporte descaracterizados, como a Uber ou a Cabify, mas a polícia montou um dispositivo que impede os manifestantes de chegarem ao acesso para a Segunda Circular, junto a bomba do aeroporto.

O acesso à Segunda Circular está a ser vigado por elementos PSP.

Contactada pela agência Lusa, fonte da ANA-Aeroportos de Portugal afirmou que o protesto dos taxistas não está a afetar a operação do aeroporto, não havendo voos atrasados nem passageiros retidos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.