A suspensão dos vistos começa a 13 de março, segundo o comunicado.

No entanto, ficam isentos da medida os vistos diplomáticos, para organizações internacionais, de trabalho e para execução de projetos.

Todos os viajantes "que chegarem de ou que tenham visitado China, Itália, Irão, República da Coreia, França, Espanha, Alemanha depois de 15 de fevereiro ficarão de quarentena por um mínimo de 14 dias", acrescenta o comunicado do governo, segundo o gabinete de imprensa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.