A ideia está a ser impulsionada pelo município de Santa Marta de Penaguião e a intenção é transformar a estrada nacional 2 num projeto turístico para unir Portugal de lés-a-lés com cerca de 700 quilómetros.

Santa Marta de Penaguião, nas encostas do Douro, “é terra que não se lamenta”, como sublinhou o autarca local, Luís Machado, impulsionador de vários projetos, entre eles o da “route 66” à portuguesa.

O processo encontra-se em fase de formação da associação dos 32 municípios por onde passa a estrada e propõe-se criar um rota turística indicando os lugares e atrativos a visitar e desfrutar ao longo do trajeto.

Esta “é a oportunidade de unir o país”, defendeu o autarca.

Marcelo Rebelo de Sousa foi recebido na antiga escola primária de Concieiro, agora lar de três famílias, e recebeu o convite para apadrinhar a nova rota turística. O Presidente da República aplaudiu a iniciativa e vincou que é preciso haver mais turismo, uma vez que esta atividade não estraga a terra, pelo contrário, ainda a valoriza, seja através do turismo gastronómico, religioso, cultural ou enoturismo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.