Marca maior da civilização romana e ex-líbris do concelho, Conímbriga é um forte cartão de visita da vila de Condeixa-a-Nova, mas acredite que há muito mais para explorar, sozinho ou em família, nesta área que faz sentir qualquer um como um explorador e um imperador, ao mesmo tempo.

A beleza paisagística do concelho permite também apontar vários locais de interesse a quem o queira visitar. Fenómenos geológicos como os lapiás ou as Buracas do Casmilo atraem cada vez mais curiosos à Serra de Sicó, à procura das formas diferentes que o calcário cria. Do reino da pedra pode passar-se rapidamente ao império da água, graças à Reserva Natural do Paul de Arzila, um verdadeiro santuário de vida natural.

O património edificado, como os inúmeros palácios que atestam a fidalguia de Condeixa, constitui outro dos grandes atrativos deste concelho. Alguns deles foram transformados em unidades hoteleiras, como a Pousada de Condeixa ou o Paço da Ega, prontas a acolher o visitante com tradição e conforto.

É um concelho que apresenta uma componente serrana onde predomina a agricultura de subsistência e uma outra mais plana, em que a atividade agrícola é bastante mais rentável. A localização privilegiada deste concelho é, a todos os níveis, uma mais-valia. O Atlântico não fica longe, mas mais perto ainda fica Coimbra e a sua Universidade, classificada pela UNESCO como Património Mundial.

O que visitar

PO.RO.S, Museu Portugal Romano em Sicó

O PO.RO.S, Museu Portugal Romano em Sicó, é o mais recente equipamento museológico de Condeixa. Trata-se de um projeto cultural que faz parte da rota da romanização composta pelos concelhos de Condeixa, Penela, Ansião, Alvaiázere e Tomar. Enquanto espaço multimédia e virtual, funciona em articulação com Conímbriga.

O PO.RO.S, Museu Portugal Romano em Sicó, ocupa a antiga casa solarenga da Quinta de São Tomé, classificada como Valor Concelhio. Aqui o visitante tem a oportunidade de conhecer e experienciar, tridimensionalmente, uma grande aventura: a epopeia da romanização da Lusitânia, em geral, e do território de Sicó, em particular.

Ruínas de Conímbriga

Bem perto de Condeixa-a-Nova, estão localizadas as Ruínas de Conímbriga, cujo Museu Monográfico constitui um pólo de grande interesse turístico e de investigação histórica. Segundo o jornal Expresso, o Museu de Conímbriga é o segundo mais visitado do país, ultrapassado apenas pelo Museu dos Coches em Lisboa.

Conímbriga é a joia do património do concelho de Condeixa. Foi uma importante cidade Romana e o facto de ter sido abandonada após a queda do império, ajudou a preservar muitos dos seus monumentos e edifícios que foram ficando enterrados.

O conjunto das Ruínas de Conímbriga, do Museu Monográfico – construído na sua imediata proximidade – e do castellum de Alcabideque consubstancia um complexo arqueológico de peso, que permite reconstituir uma célula importante do grandioso Império Romano. Juntamente com Mirobriga (Santiago do Cacém) e Tongobriga (Freixo, Marco de Canaveses), forma o grande triângulo da memória romana em Portugal.

Onde comer

Gavius Restaurante

Gavius é o novo restaurante da Pousada Condeixa-Coimbra, cujo nome tem inspiração no famoso gastrónomo romano Marcus Gavius Apicius e localiza-se no piso 0 da Pousada Condeixa-Coimbra.

As refeições à carta têm um preço médio entre os 20 e os 25€. Durante a semana, ao almoço, o restaurante apresenta um Menu Executivo que pode ser adquirido a partir dos 11€.

A sala envidraçada deixa ver o amplo relvado e a piscina. Quando o tempo está de feição, a esplanada é o prolongamento natural do restaurante. As propostas da cozinha do Gavius, orientada pelo chef Vasco Pereira, são variadas e arrojadas. Não deixem de experimentar o lombinho de atum selado em sésamo, com puré de ervilhas e cenoura baby, assim como o bife Gavius em queijo de rabaçal, legumes salteados em cebola roxa e batata rústica. Aqui é como ter a região no prato.

Onde ficar

Pousada de Condeixa-Coimbra

A apenas 2,5 quilómetros das ruínas romanas de Conímbriga e a 15 minutos de Coimbra, irá encontrar esta aprazível pousada de charme, inaugurada em 1993 e renovada em 2014.

A pousada foi erguida de raiz no local onde antes existiu um palácio construído no século XVI, antiga pertença da família dos Almadas que aqui recebiam, ao longo dos tempos, diversas individualidades da mais distinta nobreza e realeza europeias.

Metade dos quartos está virada para o Palácio Sotto Mayor, mesmo em frente, e a outra metade tem vista para o amplo relvado e piscina, nas traseiras. Pode passar o dia deitado ao sol ao lado da piscina relaxante, passear pelos jardins, deixar as crianças brincar no parque infantil e terminar o fim de semana em beleza com um jantar no restaurante Gavius.

* O Volto JÁ ficou hospedado uma noite a convite da Pousada de Condeixa-Coimbra.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.