Mas, se é verdade que viajar é a única coisa na qual gastamos dinheiro e que, simultaneamente, nos torna mais ricos, obriga ainda assim a um planeamento cuidado, especialmente no que diz respeito ao orçamento. O segredo é, naturalmente, tirar o máximo proveito das opções ao nosso dispor. Desde a reserva de voos, ao restaurante escolhido, deixamos-lhe algumas dicas sobre como poderá poupar na sua próxima viagem.

Utilize o tempo a seu favor

Poderá eventualmente encontrar alguns descontos de última hora mas a regra é a seguinte: quanto mais cedo marcar a sua viagem, mais barata esta ficará. Desta forma terá à sua disponibilidade as opções mais baratas, que são normalmente as primeiras a esgotar. Terá também mais tempo para planear a viagem e decidir o que pretende fazer no destino, evitando assim custos suplementares de última hora.

Escolha o período mais barato

A chave é a flexibilidade. Se puder, opte por viajar durante a baixa temporada, que varia drasticamente de destino para destino. Dessa forma, encontrará voos mais baratos e não terá de partilhar o destino escolhido com tanta gente. Existem, no entanto, dicas simples para aqueles que não têm essa opção. Evite os fins-de-semana e opte por viajar a meio da semana. Os preços dos voos variam também em função do horário da partida pelo que sacrificar algumas horas no destino poderá significar uma poupança significativa no preço a pagar.

Opte por aeroportos secundários

Apesar de menos convenientes, estes aeroportos são por vezes uma boa opção. Os voos procedentes ou com destino a aeroportos periféricos são frequentemente mais baratos, compensando a distância e o preço do transfer. Devido à sua crescente popularidade, as ligações de comboio e autocarro são cada vez melhores, facilitando também a deslocação dos que fazem esta opção.

Viaje leve

Aprenda a viajar com menos peso na bagagem. Prepare com antecedência os outfits que pretende usar durante a viagem e coordene as peças de forma a poder repeti-las, diminuindo assim a quantidade e o peso. Use no dia da viagem as peças mais pesadas - como botas e sobretudos - e tenha sempre o cuidado de pesar a mala antes de sair de casa. Se sobrar espaço, leve consigo alguns snacks - desde que não-líquidos - que lhe permitirão matar a fome e, ao mesmo tempo, contornar os preços elevados praticados nos aeroportos e a bordo dos aviões.

Alojamento alternativo

Hoje em dia são mais do que muitas as alternativas aos tradicionais quartos de hotel. À distância de um simples clique poderá reservar um simples sofá, um quarto ou até um barco no destino à sua escolha! Se lhe agrada a oportunidade de conhecer pessoas novas e interagir com diferentes culturas, uma cama de beliche num hostel de uma qualquer cidade mundial poderá ser a opção certa para si. Existe ainda a possibilidade de, gratuitamente, trocar de casa com outra família viajante ou acomodar-se no sofá emprestado de alguém.

Viaje em conjunto

Viajar em família ou com amigos permite não só usufruir da companhia dos que nos são queridos durante a viagem, mas também poupar. Seja o arrendamento de uma casa de férias ou o aluguer de um carro, a despesa será automaticamente dividida, permitindo até usufruir de alguns luxos que, de outra forma, poderiam tornar-se demasiado dispendiosos.

Coma como um local

Com esta dica poderá poupar dinheiro e, simultaneamente, experimentar o melhor da gastronomia local. Opte pelos restaurantes preferidos dos locais onde poderá facilmente encontrar produtos tradicionais, confeccionados ao gosto do paladar do destino. Comer como um local significa também ir aos supermercados. Percorra os corredores em busca das iguarias tradicionais do destino - ao preço pago pelos locais - ou confecione as suas próprias refeições.

Dinheiro em mãos

Os levantamentos de dinheiro no estrangeiro vêm frequentemente acompanhados de penosas taxas, seja pela transação internacional ou pela conversão de moeda - caso viaje para fora da Zona Euro. A melhor sugestão será reduzir ao máximo a frequência dos levantamentos, optando pela extração de maiores quantias. Tenha apenas o cuidado de não guardar o dinheiro todo no mesmo local!

Trabalhe na viagem

Se pretende realizar uma viagem de longa duração é perfeitamente possível trabalhar no destino escolhido, financiando a sua estadia, e até mesmo amealhar algum dinheiro. Este não é um sonho apenas ao alcance dos principais bloggers de viagens. Do tradicional trabalho em bares e restaurantes - muito requisitado durante o período de alta temporada - às colheitas de frutas, ensino de línguas, ou a bordo de um cruzeiro, enquanto viaja de porto em porto, são várias as opções disponíveis.

Foto: Hongqi Zhang (aka Michael Zhang) | Dreamstime.com

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.