Há quem adormeça facilmente, mas também há quem tenha dificuldade em dormir em transportes públicos de uma forma geral. Tem tudo a ver com encontrar uma maneira de se sentir confortável e de conseguir relaxar. E estas dicas podem ajudar.

1. Prefira os lugares à janela
Se tem um voo longo pela frente, escolha um lugar à janela. Além de poder controlar a luz que entra, são os lugares onde pode arranjar uma melhor posição para dormir. Deve também ter em conta outro pormenor: em casa dorme de que lado da cama? Se dorme no lado direito, o seu lugar no avião também deve ser do lado direito. Se precisar de uma ajuda extra, consulte a Seatguru.com. Este site dá-lhe detalhes sobre todo o tipo de lugares em todas as companhias aéreas.

2. Objetos que fazem a diferença
Não esquecer de levar a máscara para os olhos, uns auscultadores (para ouvir uma música relaxante ou até mesmo aqueles sons zen que ajudam a adormecer) e uma almofada para o pescoço. Estes acessórios contribuem para que adormeça mais facilmente.

3. Não cruze as pernas
Quando cruza as pernas está a fazer pressão numa delas, o que restringe o fluxo sanguíneo e pressiona a região lombar. Conclusão: vai ficar numa posição desconfortável e vai acordar a meio do sono. A melhor posição é colocar as pernas esticadas, mantendo uma ligeira curvatura na zona dos joelhos.

4. Recline o banco
Ao reclinar o banco, vai aliviar alguma pressão na zona lombar. Com menos pressão nas costas, mais fácil será de adormecer. Outra das posições recomendadas é sentar-se direito. Nestes casos, o melhor é levar consigo uma almofada para as costas (ou peça uma a uma assistente de bordo) que ajuda a manter a curva na parte inferior das costas, evitando a pressão nesta zona. A pior posição é adormecer com a cabeça em cima do banco da frente, onde não terá qualquer apoio lombar e está a colocar uma pressão enorme na coluna.

5. Desligue os aparelhos eletrónicos
A luz do tablet ou do telemóvel podem perturbar o seu sono, especialmente se voar durante a noite.

6. Use roupa confortável
Não precisa de levar o pijama, mas a escolha da roupa também vai influenciar o seu sono. Não use roupas demasiado justas, nem sapatos apertados. Prefira roupa de algodão e mais larga. E leve um casaco de malha ou uma écharpe grande para fazer de manta.

7. Evite a medicação
Se não está habituado a comprimidos para dormir, evite tomá-los porque não sabe quais os efeitos que lhe poderão causar. Além disso, a maior parte dos medicamentos para o sono vendidos sem receita médica contém anti-histamínicos, que normalmente são de ação mais prolongada e podem deixá-lo meio atordoado e ensonado mais tempo do que gostaria. Fale com o seu médico primeiro.

8. Evite as bebidas alcóolicas
Pode ser tentador, uma bebida para ajudar a relaxar. No entanto, especialistas afirmam que o álcool pode ajudar a adormecer, por duas a quatro horas, mas quando o efeito passar dificilmente vai conseguir voltar a dormir. No caso de um voo de longa duração, pode ser um problema.

9. Não coma em demasia
Tente não comer uma refeição pesada duas horas antes de querer adormecer.

10. Combata o jet lag antes mesmo da viagem
Se vai para um país onde a diferença horária é grande, tome algumas medidas com antecedência e que vão ajudá-lo a combater o jet lag. Por exemplo, se vai em direção a leste, nos dias que antecedem a sua viagem vá para a cama entre 30 a 60 minutos mais cedo do que a hora habitual. E levante-se 30 minutos mais cedo. Se vai em direção a oeste, evite a exposição à luz durante a segunda metade do seu voo para dar início a um atraso no seu ritmo cardíaco,  conseguindo assim adormecer mais facilmente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.