O longo período em que ficamos em casa, devido à pandemia da Covid-19, fez com que as pessoas passassem a refletir mais sobre os impactos das suas ações no meio ambiente. As viagens não ficaram de fora e os viajantes procuram cada vez mais opções sustentáveis oferecidas pela indústria do turismo.

Neste sentido, diferentes acomodações já disponibilizam uma viagem mais sustentável e ecológica para todos, bem como selos e certificações internacionais de cuidado com a natureza.

Saiba quais são algumas delas e inspire-se para quando for seguro viajar novamente para alguns destes destinos:

Austrália

Em Metricup, na região vinícola de Margaret River (lado oeste da Austrália), o Yelverton Brook Conservation Sanctuary tem o selo “ECO Certification” e, pensando nos impactos à comunidade, as atividades e passeios são organizados por guias e negócios locais.

Além disso, não é permitida a utilização de plásticos descartáveis na propriedade, a maior parte da iluminação usa lâmpadas LED, que economizam energia, e hóspedes têm caixotes do lixo para coleta seletiva à disposição.

Brasil

Certificado pelo EarthCheck e localizado nas areias da Praia do Forte, na Bahia, o Iberostar Praia do Forte é um resort que oferece regime all inclusive. Entre as medidas tomadas, há bebedouros à disposição, e os hóspedes têm a possibilidade de não optar pela limpeza de quarto todos os dias, por exemplo, visando o menor consumo de água.

Além disso, para economizar energia, a eletricidade é acionada por movimento ou pelo cartão do quarto.

Argentina

O Ayres De Salta é um hotel 4 estrelas localizado no centro histórico de Salta, cidade no norte da Argentina conhecida pela herança andina. A acomodação é certificada dentro do programa nacional “Hoteles más Verdes” e, entre as iniciativas tomadas, produz a maior parte da comida servida com ingredientes locais e conta com eletricidade acionada por movimento ou pelo cartão do quarto, procurando um menor consumo de energia.

Turquia

Localizado no centro da cidade de Ancara, capital da Turquia, o Metropolitan Hotels tem o selo de certificação sustentável “FEE’s Green Key”. Os quartos modernos têm design de luxo, e todas as janelas são de vidro duplo, o que contribui tanto para isolamento acústico, como para a diminuição das perdas de calor através do vidro, economizando energia e reduzindo a emissão de CO2.

Canadá

Além da certificação “Green Key Global Eco-Rating”, o Hotel Grand Pacific, na cidade de Victoria, oferece espaço para os artistas locais se apresentarem e investe parte da sua receita em projetos comunitários ou de sustentabilidade. A propriedade fica a 5 minutos a pé do Beacon Hill Park e também não permite o uso de plásticos descartáveis.

França

Localizado no centro do bairro Saint-Germain-des-Prés, o Hotel Bel Ami fica a apenas a 10 minutos a pé do Museu do Louvre e conta com o selo “FEE’s Green Key”. Dando prioridade à comunidade e ao cuidado com a natureza, atividades e passeios são organizados por guias e negócios locais, há opção de aluguer de bicicletas e plásticos descartáveis não são permitidos na propriedade, entre outras medidas.

Quénia

O luxuoso Medina Palms fica na praia de Watamu, na costa do Oceano Índico, e faz parte do Programa de Certificação de Ecoturismo no Quénia. Parte da receita é investida em projetos comunitários ou de sustentabilidade e, entre outras iniciativas, a acomodação também oferece informações sobre ecossistemas, património e cultura da região, além de orientar os visitantes sobre os costumes adequados.

México

Cercado por um ambiente natural exuberante, no Mar do Caribe, e certificado pela Rainforest Alliance, o Catalonia Royal Tulum Beach & Spa Resort não permite o uso de garrafas plásticas descartáveis de água. Além disso, a maior parte da iluminação da acomodação usa lâmpadas LED, que economizam energia, e atividades e passeios são organizados por guias e negócios locais.

Vietname

De frente para a Baía de Vinh Phan Thiet e combinando a cultura vietnamita com um design moderno e contemporâneo, o Anantara Mui Ne Resort tem o selo “Green Growth 2050”. Pensando no consumo de água, há bebedouros à disposição dos hóspedes e, para promover a economia de energia, há estação de recarga de carro elétrico no local e a eletricidade é acionada por movimento ou pelo cartão do quarto.

Polónia

A Breslávia (Wrocław) é a quarta cidade mais populosa da Polónia e nela está o Scandic Wrocław, hotel 4 estrelas que conta com a certificação “EU Ecolabel”. Além de proibir o uso de plásticos descartáveis, disponibilizar caixotes para a coleta seletiva e produzir a maior parte da comida servida na acomodação com ingredientes locais, toda a propriedade usa energia 100% renovável.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.