Por: Alice Barcellos

O ano de 2015 terminou, literalmente, com chave de ouro para a Madeira, que recebeu o óscar do turismo como melhor destino insular do mundo, ultrapassando concorrentes como Bali, Maldivas ou Zanzibar nos prémios World Travel Awards. A ilha voltou a receber o mesmo título em 2016.

As expectativas para 2016 são superar o ano anterior e os primeiros indicadores parecem apontar para este caminho. “Em termos de operação aérea já há um acréscimo face ao que existia no ano anterior, as ocupações são muito positivas e as marcações que existem à data face ao ano transato são já superiores”, explica ao SAPO Viagens Sílvia Dias, da Associação de Promoção da Madeira (APM).

Alemanha e Inglaterra continuam a ser os países de onde chegam mais turistas à ilha. O mercado francês tem vindo a crescer muito nos últimos anos e os países do leste e norte da Europa também têm uma presença significativa no turismo da Madeira, principalmente nos meses de inverno.

O mercado português “teve algum declínio nos últimos anos, mas estamos a fazer um esforço no sentido de recuperar”, diz Sílvia Dias. No início deste ano, foi lançada a campanha Descubra a Madeira, além de estar a ser feito um reforço do destino junto às operadores turísticas.

Mostrar um outro lado da Madeira

“Tivemos a clara a percepção de que a ideia que existia no mercado nacional sobre a Madeira é que era um destino antiquado e não tinha nenhuma novidade”, refere a responsável da APM.

Com esta campanha pretende-se mostrar “o que a Madeira tem de novo e como podemos ser um destino atrativo não são para pessoas mais seniores, mas também para pessoas mais novas”. “No fundo, mostrar que a Madeira não é um destino antiquado, mas é um destino cada vez mais moderno”, salienta Sílvia Dias.

Um dos vídeos da campanha que tem como embaixadores Jessica Athayde, Cláudia Vieira e Lourenço Ortigão:

A Madeira está a reinventar-se com esta estratégia, mas continua a manter a estrutura que sempre teve, que conjuga a arte de bem receber, bons hotéis e restaurantes, com o cenário natural único e tudo o que pode ser retirado daí. “O nosso cliente mais sénior, que tem mais disponibilidade para viajar, que viaja fora de época e tem disponibilidade financeira acaba por ser a nossa base”, reconhece a responsável de planeamento estratégico da APM.

“Mas aquilo queremos mostrar é que podemos ir além deste cliente e cativar outro tipo de turista, mais jovem, que vem no city break, vem à procura de um turismo mais ativo”, conclui.

O SAPO Viagens viajou a convite da Associação de Promoção da Madeira. Para mais informações, visite o site oficial do Turismo da Madeira.

*Artigo atualizado a 2/12/2016 com informação sobre o prémio de 2016.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.