A exposição, que é inaugurada às 19:00, vai estar patente até 02 de outubro, no Museu Berardo, que organiza o prémio – no valor de 40 mil euros -, mantendo a filosofia da seleção de artistas de nacionalidade portuguesa e dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

A escolha dos três artistas foi feita por um júri de seleção, representativo do critério geográfico, composto pelo curador David Santos (Portugal), a arquiteta e diretora da Beyond Entropy África Paula Nascimento (Angola), e o artista Pompílio Hilário Gemuce (Moçambique).

Depois de analisarem o panorama expositivo da fotografia no período a que reporta o prémio, os membros do júri selecionaram os três artistas, que realizaram novos trabalhos e vão ser avaliados por um júri internacional.

O vencedor será anunciado em junho.

No ano passado, a artista portuguesa Ângela Ferreira foi a vencedora do Prémio Novo Banco Photo, com a exposição “A Tendency to Forget“, sobre a temática do colonialismo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.