A experiência de queda livre, em túnel de vento, é o mais próximo que pode ter de saltar de paraquedas, de um avião. Só que aqui não vai ser necessário o paraquedas, nem o avião. Descartam-se também todas as complicações próprias das atividades que necessitam de conjugar condições meteorológicas favoráveis. E, já agora, também se alivia a carteira.

Depois do sucesso no Porto, onde funciona desde 2019, a Dreamfly abriu um espaço perto da capital, junto ao Centro Comercial Alegro Sintra.

Como Funciona?

Todos os voos têm de ser previamente agendados, na plataforma eletrónica. Os visitantes devem-se apresentar nas instalações da DreamFly com uma hora de antecedência. Depois das diligências burocráticas, são encaminhados para um pequeno briefing onde o instrutor de voo dá algumas indicações de segurança. Uma vez que, no túnel de vento, é praticamente impossível dar indicações verbais, são ensinados alguns gestos que permitem a comunicação durante a atividade.

Seguimos para a última sala antes de passar ao voo. Por questões de segurança, os participantes são convidados a usar um fato completo, capacete e óculos. Não é permitido levar objetos soltos para o interior do túnel. Todo o tipo de acessórios como brincos, fios, anéis ou relógios também têm de ficar guardados no cacifo.

A experiência de voar

Devidamente equipados, os participantes entram então na estrutura onde decorre a experiência. Há algum nervoso miudinho no ar e muita excitação. Mas dizem-nos que a regra mãe é relaxar e voar!

O instrutor acompanha-nos de perto, sempre atento a que este momento decorra em segurança, mas também que os participantes se divirtam. A maioria dos voos têm a duração de um minuto. Pode parecer pouco, mas o salto de paraquedas a 4200 metros, tem cerca de 50 segundos em queda livre. Aqui acaba por ser um pouco mais, permitindo ao corpo adaptar-se não só à pressão do vento, como, com a ajuda do instrutor, ajustar devidamente as pernas ou os braços, para permitir a real sensação de “planar” no ar.
Nada de movimentos bruscos, ou gestos repentinos. São mesmo ligeiros ajustamentos que devem ser feitos. Depois é sorrir e desfrutar do momento.

Escola de voo

Depois desta experiência inicial, obrigatória mesmo para quem tem experiência de saltar de paraquedas, os interessados podem continuar a frequentar a escola de voo da Dreamfly. Há pacotes de horas, a preços mais acessíveis, que podem ir sendo marcados, com o objetivo de aperfeiçoar a modalidade de queda livre (free fly). Esta é uma modalidade de paraquedismo, destinada a atletas com mais experiência, em que o atleta aprende a executar manobras mais complexas, como saltar de cabeça para baixo, sentado, de barriga para baixo, saltar em pé e de lado. Num túnel de vento, torna-se mais fácil aprender a executar e a treinar estas manobras.

Quem pode voar?

A experiência de voar é aberta a todo o tipo de visitantes, dos mais tímidos aos mais aventureiros, sozinhos ou em grupo, crianças (idade superior a quatro anos) ou adultos de todas as idades. As grávidas, os indivíduos com problemas cardíacos, de coluna e pescoço e os indivíduos com ombros previamente deslocados deverão evitar voar.

É possível reservar o túnel de vento para festas de aniversário de crianças, team building de empresas, eventos corporativos, festas de despedida de solteiro ou simplesmente eventos privados.

A DreamFly disponibiliza pacotes individuais, que incluem dois voos cada, e individuais deluxe com o dobro do tempo de voo. A mesma oferta está disponível também para crianças dos quatro aos 12 anos. A experiência de uma hora inclui aluguer de equipamento, treino teórico antes da sessão, assistência pessoal de um instrutor especializado durante todo o voo e diploma no final. Todas as manobras realizadas e respetivas variações de velocidade baseiam-se no peso de cada utilizador para uma prática totalmente ajustada a cada pessoa.

O túnel de vento da DreamFly Lisboa localiza-se junto ao Centro Comercial Alegro Sintra, em Rio de Mouro e está aberto todos os dias. No Porto, a DreamFly encontra-se junto à Galeria Comercial Auchan Maia e realiza voos de quinta a domingo.

O voucher para uma pessoa (dois voos de um minuto cada) custa 54 euros. Se quiser partilhar a diversão com outra pessoa, o pacote fica a 98 euros. Há ainda desconto para famílias, em que pelo valor de 137 euros podem voar dois adultos e uma criança, ou duas crianças e um adulto. Todos os voos são realizados individualmente.

Para crianças, o pacote de dois voos de um minuto custa 44 euros e para grupos de mais de cinco crianças pode ficar a 33 euros a criança.

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.