Constituída por sete espaços - Museu Judaico, Museu dos Descobrimentos, Ecomuseu do Zêzere, Museu do Azeite, Centro de Interpretação da Igreja de São Tiago e Castelo da vila - a Rede de Museus Municipais de Belmonte recebeu, em 2016, à volta de 92 mil visitantes, segundo dados da autarquia.

O Museu Judaico, centrado na comunidade judaica, e o Museu dos Descobrimentos, que conta a história da descoberta do Brasil por Pedro Álvares Cabral, natural de Belmonte, são os locais mais procurados.

Além do turismo, o município encontra nas empresas do têxtil e das confeções uma importante fonte de emprego e de dinamização da economia local. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, em 2015, Belmonte registou cerca de 21 milhões de euros em exportações, dos quais mais de 20 milhões são respeitantes aos têxteis e confeções.

A vila também integra a Rede das Aldeias Históricas de Portugal, sendo, aliás, a localidade que acolhe a sede deste organismo. A situação repete-se com a Rede de Judiarias de Portugal e com a Associação de Municípios da Cova da Beira.

A 26 de abril decorre a Celebração da Primeira Missa no Brasil, sendo este feriado municipal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.