De todas as tradições alemãs, o Adventskalendar (calendário do Advento) é com certeza uma das mais conhecidas e bem preservadas, mas por acaso vocês sabem como começou esta tradição?

Acredita-se que a ideia de marcar o Advento (nascimento de Cristo) teve origem na Alemanha no final do século XIX, onde os luteranos já desenhavam marcas de giz nas suas portas ou paredes do dia 1 ao dia 24 de dezembro para melhor explicar às crianças o tempo que faltava até à grande celebração.

Gradualmente, essas marcas de giz evoluíram para algo mais complexo  como acender uma vela por dia, pendurar 24 imagens com ilustrações na janela ou ainda ler passagens da Bíblia todas as noites até ao Natal.

No entanto, parece que a criação do primeiro calendário deste género se deve à carinhosa mãe de uma criança chamada Gerhard Lang que certo ano decidiu colocar 24 minúsculos doces num quadrado de papelão para o seu filho comer durante o período do Advento.

Quem criou o calendário do Advento?
Hoje em dia, existem vários tipos de calendário do Advento créditos: Unsplash

Esta ideia simples e encantadora diz-se que permaneceu com Lang e quando este, já adulto, abriu uma gráfica em 1908 lembrou-se de imprimir um semelhante — o primeiro calendário oficial do Advento.

Alguns anos depois, Lang introduziu o conceito de 24 portinhas - dando a cada nova imagem um elemento de surpresa.

O negócio de Lang chegou ao fim na década de 1930, mas a ideia já se tinha firmado e, hoje, este calendário continua a servir de base para todos os que encontramos na atualidade — agora com surpresas que incluem 24 amostras de tudo, desde os clássicos chocolates até a produtos de beleza, passando por brinquedos, livros, queijos e chás.

O calendário do advento é uma bonita tradição de Natal, limitada apenas pela criatividade, e todos nós podemos construir e  personalizar o nosso para oferecer a quem mais gostamos.

Sigam as minhas viagens mais recentes nas stories do Instagram

Artigo originalmente publicado no blogue The Travellight World

O mundo inteiro no seu email!

Subscreva a newsletter do SAPO Viagens.

Viaje sem sair do lugar.

Ative as notificações do SAPO Viagens.

Todas as viagens, sem falhar uma estação.

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOviagens nas suas publicações.