Para a nossa segurança, as fotografias dos passaportes têm requisitos altamente rigorosos. Devemos estar a olhar de frente para a câmara, o cenário de fundo tem de ser claro e sem sombra, acessórios são proibidos e a cabeça deve ocupar de 70% a 80% da foto final. E não ouse sorrir.

Estas são as regras são para uma boa foto de identificação, mas péssimas para auto-expressão (e auto-estima). Com base (contrária) a estes requisitos, o fotógrafo profissional Max Siedentopf começou a brincar com este tipo de fotografias, fundamentais para quem gosta de viajar e não quer problemas nas alfândegas dos países estrangeiros. Este artista alemão, com ascendência namíbia, consegue que os seus fotografados mantenham a cara séria, mas, de alguma forma, escondam um cenário distorcido dentro da própria fotografia de passaporte.

No seu projeto Passport Photos, Siedentopf criou dezenas de fotos aparentemente aborrecidas, mas que, graças ao corte necessário para os requisitos das viagens internacionais, escondem um cenário hilariante.

Ficou curioso? Então basta percorrer a fotogaleria abaixo para perceber melhor do que estamos a falar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.