É uma cidade agradável, calma e sem a inquietação da insegurança. Tem uma forte atividade cultural e é também a base para viajar por cidades históricas que são Património da Humanidade.

Belo Horizonte não tem praia mas tem boteco. É a cidade com o maior número de botecos por habitante ou metro quadrado. São o ponto de encontro, o momento social para beber e petiscar, mesmo à noite, com muitas ruas cheias de gente. A gastronomia é uma das marcas de Belo Horizonte (e de Minas Gerais) com uma excelente culinária.

Minas Gerais: quando a gastronomia é postal ilustrado

Gastronomia em Belo Horizonte
créditos: Who Trips

Vários eventos projetam a gastronomia mineira e juntam chefs e produtores, mostrando que por detrás de um prato há uma interessante história por descobrir.

Um "Brasil desconhecido" que se revela na fartura da gastronomia

Fartura em Belo Horizonte
Fartura em Belo Horizonte créditos: Who Trips

Belo Horizonte tem um forte traço modernista. A cidade projetou Óscar Niemeyer (o arquiteto de Brasília) quando jovem. Foi o mentor do magnífico e arrojado projeto para a Pampulha, Património Cultural da Humanidade.

Pampulha: o charme pouco discreto da burguesia brasileira

Pampulha
Igreja de São Francisco créditos: Who Trips

Curiosamente, no final da sua vida, Niemeyer implementou um outro projeto arrojado em Belo Horizonte: a Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves. Com a idade, Niemeyer aumentou a audácia na sua obra.

O poder político em Belo Horizonte está suspenso

Cidade administrativa
Cidade administrativa Presidente Tancredo Neves créditos: Who Trips

Os funcionário públicos, membros do Governo e o Governador foram para a Cidade Administrativa e deixaram a Praça da Liberdade. O Palácio e as secretarias fazem agora parte do Circuito da Liberdade, um dos maiores pólos culturais brasileiros por onde se pode circular a pé sem problemas de insegurança.

“Terreiro do Paço” de Belo Horizonte virou circuito cultural

Circuito Liberdade
créditos: Who Trips

No plano cultural não se pode ignorar o maior museu a céu aberto na America do Sul. O Inhotim é de visita obrigatória. Quando se chega rapidamente se percebe porque é um dos lugares mais visitados no Brasil e porque é considerado um dos melhores museus do mundo.

Esqueça tudo o que sabe sobre museus e entre no Inhotim, um lugar único no mundo

Inhotim
créditos: Who Trips

Uma outra aposta em Belo Horizonte é a Sala de Minas Gerais. Um belo e nobre espaço para a companhia filarmónica que procura contagiar outros espaços e públicos

Por último, mas não menos importante, Belo Horizonte é a “capital do futebol”, com três clubes muito fortes que nos últimos anos ganharam os principais troféus brasileiros. O Mineirão é a “catedral” do Cruzeiro.

Mineirão “gigante”. Entre num dos estádios mais famosos do Brasil

Mineirao
créditos: Who Trips

Pode ver o futebol num boteco ou num bar ou restaurante do Mercado Central

Mercado Central BH
Figado acebolado do restaurante Casa Cheia no Mercado Central de BH créditos: Who Trips

A TAP tem voo direto para Belo Horizonte. A viagem foi a convite da SETUR e do Festival Fartura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.