A Madeira e a sua capital, Funchal, são conhecidas por receber bem quem visita a ilha e, por altura da passagem de ano, este lugar torna-se ainda mais encantador e mágico. A decoração de natal confere uma magia inexplicável, permanecendo até uma das noites mais longas do ano: o réveillon.

O espetáculo de fogo-de-artifício dura cerca de oito minutos, ficando distribuído em diversos postos para quem quer assistir a um dos maiores espectáculos visuais do mundo. O anfiteatro do Funchal, na orla marítima e baixa citadina, no mar e um posto na Ilha do Porto Santo são os sítios que deve anotar para tirar melhor partido deste grandioso evento, um dos mais importantes cartazes turísticos da Madeira, tendo sido reconhecido internacionalmente pelo Livro de Recordes do Guiness no ano de 2006 como "O maior espetáculo de fogo-de-artifício do Mundo".

funchal
créditos: VisitMadeira

Viver a passagem de ano na Madeira é algo que deve estar na lista de ‘experiências a fazer antes de morrer’ para qualquer viajante. É uma ilha em festa, seja nos hotéis, restaurantes, bares ou ruas. O céu iluminado pelo fogo de artifício torna a nossa visita especial, dando a sensação que o novo ano será um grande ano.

Se ainda está com dúvidas, confira os voos para o Funchal no site oficial da TAP e desfrute desta experiência magnífica.

Roteiro ‘express’ para quem está na ilha da Madeira

Seja antes ou depois da passagem de ano, fique a saber a razão pela qual esta ilha é chamada a ‘pérola do atlântico’. Aponte as nossas dicas sobre o essencial da Madeira.

No Miradouro do Pico do Areeiro, localizado a 1818 metros de altitude, terá uma vista panorâmica sobre o maciço central da ilha, podendo respirar ar puro e esquecer os problemas da vida. Para os fãs de caminhada e natureza, iniciem aqui o percurso pedestre em direção ao Pico Ruivo, com 1862 metros. Quem gosta de miradouros e tem tempo, deve visitar também o Miradouro dos Balcões.

Gosta de natureza ou botânico? Então vai adorar o Jardim Botânico da Madeira, localizado no Funchal, ostentando mais de 2000 plantas exóticas oriundas de todo o mundo. Se quer dar uma volta ao mundo pelo reino vegetal, visite o Museu de História Natural e o Herbário, que se situa no Caminho do Meio, também no Funchal.

jardim botânico da Madeira
créditos: Marius Hoch/CC BY-SA 3.0

A oeste do Funchal encontra-se o Cabo Girão, um ponto de observação popular que recebe 1800 visitantes por dia. É um promontório quase vertical, com 589 metros de altura, disponibilizando uma magnífica vista para o mar, para Câmara de Lobos e para o Funchal.

O Mercado dos Lavradores é um espaço que mais parece uma celebração de cores, cheiros e sabores da Madeira. Aproveite a sua visita para levar um pouco dos sabores da Madeira para a sua casa. Aqui pode comprar fruta, doces ou até peças de artesanato típico da região. Destaque ainda para o edifício histórico onde se situa, que preserva a arquitetura tradicional com influência da Art Déco e do Modernismo.

A Igreja de Nossa Senhora do Monte é um dos principais pontos de visita no Funchal, inaugurada em 1748, podendo aqui encontrar os restos mortais do exilado do Império Austro-Húngaro, Carlos I da Áustria. Ainda que não seja muito grande, tem um interior rico em detalhes dourados, que não deixam ninguém indiferente.

Por fim, seja amante do desporto ou não, entre no mundo de Cristiano Ronaldo, o madeirense mais conhecido do mundo, com uma visita ao Museu CR7. Aqui irá saber um pouco mais sobre a vida do capitão da seleção portuguesa e ver todos os troféus que Cristiano Ronaldo conquistou ao longo da sua carreira. Acredite, tem muito para ver.

museu cr7
Funchal desde 44€