Em Gotemburgo, o maior porto da Escandinávia, é possível andar de caiaque nos doze canais do século XVII e desfrutar de vistas belíssimas. Aproveite também para viajar de ferry - algumas viagens são gratuitas - e veja o fantástico pôr-do-sol.
Para mais diversão náutica, veja também o Museu Marítimo e o Aquário ou Maritiman, um museu dentro de um navio.

No que diz respeito à culinária, é aqui que encontrará os melhores petiscos marítimos da Suécia. É possível comer bem nos mais variados locais, desde pequenas tascas a restaurantes com estrelas Michelin.

Se é adepto de comida local, aproveite para visitar o mercado de peixe Feskekôrka, também conhecido como a "igreja do peixe", onde encontrará diversas refeições pré-preparadas. Recomendamos o peixe em molho de vinho branco com ervilhas por apenas nove euros. É também possível degustar uma salada de camarão pelo mesmo valor.

Caso prefira algo mais requintado, procure pelo restaurante Sjömagasinet, premiado com uma estrela Michelin, e deguste um peixe acabado de pescar com vista para o rio.

Passeando pela cidade

Um dos bairros típicos de Gotemburgo é Haga, desenvolvido entre o século 18 e 19,  foi idealizado para habitação dos moradores mais pobres da cidade, agora é um das passagens obrigatórias de quem visita a cidade. Os pátios escondidos por entre as ruas principais estão polvilhados de pequenos tesouros de boa comida e a construção em madeira, típica no bairro, conferem a este local um ambiente acolhedor.

Apenas a 15 minutos a nordeste de Haga encontrará a zona de design de Gotemburgo. Aqui, as lojas abundam, e uma paragem obrigatória é Designtorget, onde há sempre trabalhos de design expostos com grande qualidade. Em frente a Designtoget está a "oficina" Nudie Jeans, onde pode remendar as suas calças gratuitamente.

Actualmente, a cidade alberga cerca de 500 mil habitantes e estima que o valor deverá aumentar em 30% nas próximas décadas, existindo já inúmeros projectos em desenvolvimento para conseguir comportar o aumento da população. Se este é um tema que lhe interessa passe pelo Älvrummet no Kanaltorget  e veja o modelo, em escala, da cidade com todos os próximos desenvolvimentos mapeados.

Por exemplo, um novo complexo turístico que está em desenvolvimento é o Jubileumsparken no centro de Hisingen, que terá uma praia artificial e incríveis saunas.

O sistema de transportes públicos permite visitar a cidade sem necessitar de carro, porém, se quiser aventurar-se para mais longe é recomendado que alugue um carro. Se optar pelo aluguer visite a costa de Bohuslan e delicie-se com o ambiente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Viagens. Semanalmente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.